Emsetur/SE discute ações de promoção e qualificação com trade sergipano

O objetivo foi apresentar as ações do turismo e, através do diálogo, melhorar a eficiência delas.

  
  

Apresentar as ações do turismo e, através do diálogo, melhorar a eficiência delas. Esse foi o objetivo da reunião entre a Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur) e membros da cadeia turística, ou como também é conhecido, o trade sergipano: representantes de hotéis, bares, restaurantes e agências de viagem. O encontro aconteceu na manhã desta quinta, 07, no Hotel Vitória e teve, entre outros pontos, como pauta: apresentação do newsletter da Emsetur; as campanhas de promoção do destino regional e nacional; a participação em feiras nacionais e os programas de qualificação nacional.

Durante o encontro, o presidente da Emsetur, José Roberto de Lima, destacou que a participação do empresariado na promoção do estado junto às operadoras é essencial. “Nós da Emsetur estamos nos esforçando para a divulgação do estado, mas é necessária a pressão também dos hoteleiros e demais membros junto às operadoras. Essa é uma batalha que precisa ser travada de forma conjunta”, ressaltou.

Quanto ao newsletter, um informativo eletrônico que será enviado por e-mail, José Roberto esclareceu que foi uma demanda do próprio trade. “Essa é uma resposta a uma cobrança que foi feita em reunião anterior. O Newsletter terá informações sobre os roteiros e atrativos sergipanos e um espaço em branco onde cada empresa poderá colocar seus pacotes, logomarca ou o que quiser vender”, explicou. O presidente informou também que a periodicidade do newsletter será quinzenal.

Qualificação e promoção

No que diz respeito à capacitação, foi apresentado o convite do programa ‘Sergipe de Braços Abertos’ que visa a qualificação profissional. Na qualificação voltada para a hotelaria e meios de hospedagem foi adotada a seguinte dinâmica: para os estabelecimentos filiados a sua associação, a exemplo, um hotel ligado à Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-SE), o investimento para o curso será apenas de 10% e a Emsetur arcará com 90 % do investimento; já para aqueles que não são filiados a sua entidade, o estabelecimento terá que investir 50% nos gastos do curso. Essa iniciativa visa estimular a maior participação dos profissionais e o fortalecimento das entidades representativas do trade. Dentre os cursos apresentados no ‘Sergipe de Braços Abertos’ estarão o de excelência no atendimento ao turista, aperfeiçoamento para cozinheiro e aperfeiçoamento para garçom.

A campanha regional de promoção do Destino Sergipe também foi apresentada para o trade, mostrando os outdoors que foram colocados em mercados emissores vizinhos como Bahia, Pernambuco e Alagoas. Ainda relativo ao plano de mídia regional foi apresentado o spot (breve propaganda) veiculada em diversas rádios do mesmo mercado somando um total de mil inserções em rádios. Outra ação de promoção, esta idealizada pela Secretaria do Estado de Comunicação em parceria com a Emsetur, foi o mini-guia de Sergipe que está sendo veiculado na edição deste mês da revista Viagem ligada ao guia 4 Rodas.

Diálogo e sugestões

O diretor de operações da Emsetur, Diego da Costa, afirmou que essas reuniões são instrumentos muito democráticos. “É um momento maior de diálogo, pois não é um encontro formal. Em outras instâncias de governança, às vezes o pequeno empresariado não tem acesso e aqui eles ficam estimulados a participar”.

Quem compartilha a mesma opinião da importância das reuniões como momento produtivo de diálogo é o representante da Associação Brasileira de Agências de Viagens de Sergipe (Abav-SE), João Ávila. “A praticidade gerada pela informalidade faz com que tenhamos resultados mais objetivos e só se constrói boas idéias através do diálogo”, afirmou Ávila. Durante a reunião, inclusive, o representante da Abav-SE sugeriu a idéia de aproveitar melhor a memória histórica do centro da capital Aracaju, seus monumentos, imóveis históricos e personagens do século passado como potencial turístico. “Outros lugares como Paris, Buenos Aires já fazem isso muito bem”, disse.

Outra sugestão partiu da representante da Associação Sergipana de Blocos e Trios (ASBT) Acácia Bispo que, ao observar o mini-guia de Sergipe, sugeriu um espaço de divulgação dos eventos noturnos da cidade. “O turista é incansável e ele sempre quer saber o que está acontecendo à noite na cidade. Isso acontece com muita freqüência. E esses encontros são importantes ainda mais agora que a gente se aproxima de um grande evento com o São João”.

Planejando estruturas e Abrajet -SE

Durante a reunião o jornalista Sales Neto também informou aos membros do trade presentes o processo de reativação da Associação Brasileira de Jornalistas Especializados em Turismo, secção Sergipe (Abrajet-SE). E colocou que, em breve, a entidade estará preparada e se colocará à disposição para somar esforços com o turismo sergipano.

O representante do Mercure Aracaju Delmar, Irenio Rocha Junior, ressaltou a importância do planejamento das ações para aprimorar as a infra estrutura. “É mais do que importante que associações como a Abih, Abrajet e outras estarem participando ativamente desse diálogo. Sergipe começa a ter uma estrutura hoteleira de padrão internacional e a apresentação de serviços tem que acompanhar essa estrutura. Por isso, além da promoção, a qualificação é fundamental. Se não cuidarmos da qualificação será como um presente que o invólucro é bonito, mas quando você abre o conteúdo não é bom”, afirmou.

Fonte: Secretaria de Turismo de Sergipe

  
  

Publicado por em