Encontro abordou o crescimento dos parques temáticos e atrações turísticas no Brasil

Este setor é caracterizado como importante gerador de empregos.

  
  

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) anuncia apoio aos parques temáticos e atrações turísticas. A instituição incluirá o setor no planejamento de 2012 e realizará uma linha de trabalho de promoção no exterior, conforme adiantou o presidente Flávio Dino durante reunião com James Lewis, secretário da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados; Maurício de Sousa, cartunista, e dirigentes do segmento.

Realizado no último dia 8, no White Pavilion, complexo de eventos localizado dentro do parque aquático Wet’n Wild, o encontro foi promovido pelo Sistema Integrado de Parques Temáticos e Atrações Turísticas (Sindepat).

Na ocasião, Dino afirmou que será definido um acordo setorial e a construção de uma agenda política capaz de ser debatida com outros ministérios e campos que impactam o desenvolvimento do segmento.

“Serei um interlocutor do setor. Quero empregar forças políticas e meios para que parques temáticos e atrações turísticas voltem a produzir resultados”, disse Dino. Com a ajuda da Embratur o setor ganhará novo fôlego.

“No cenário turístico mundial somos considerados grandes catalisadores de público e responsáveis por movimentar diversos setores da economia. Além disso, nosso setor é caracterizado como importante gerador de empregos.

No Brasil os parques temáticos e atrações turísticas precisam de apoio para crescer e se tornar mais atrativos”, comentou Alain Baldacci, presidente do Sindepat e do Wet’n Wild.

Participaram da reunião membros do Sindepat, da Associação das Empresas de Parques de Diversão do Brasil (Adibra), além de dirigentes de empreendimentos do setor no Brasil como Alpen Park, Beach Park, Beto Carrero, Complexo Turístico de Itaipu, Hopi Hari, Magic City, Ma-noa Park, O Mundo da Xuxa, Playcenter, Trem do Corcovado, Unipraias e Wet’n Wild.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Tatiane Oliveira

  
  

Publicado por em