Espetáculo conta história de imigrantes que construíram Gramado

Uma das curiosidades contadas no espetáculo é a origem do nome Gramado

  
  
Encenado por atores locais de diversas companhias de teatro, o espetáculo tem 45 minutos de duração e conta a história dos imigrantes / Cleiton Thiele

Tradicional evento da serra gaúcha, a Festa da Colônia oferece diversas atrações para seus convidados. Uma das mais esperadas pelos visitantes é o espetáculo “Origens”.

Encenado por atores locais de diversas companhias de teatro, o espetáculo tem 45 minutos de duração e conta a história dos imigrantes alemães, italianos e portugueses.

Nesta 23ª edição do evento, a peça terá como tema os “100 anos de Gramado

”, e vai mostrar importantes fatos históricos e curiosidades, sem deixar de lado a saga dos primeiros colonizadores do município, aqueles que trabalharam na sua construção e na criação da sua identidade.

O elenco sobe ao palco para representar, dançar e cantar as sensações, as incertezas, a superação, a força e a união das etnias que escreveram juntas a história do município.

De acordo com a diretora do espetáculo, Carla Reis, uma das preocupações na montagem da apresentação foi de conhecer a fundo as culturas que seriam apresentadas.

“Fizemos trabalho de campo e fomos até o interior de Gramado conversar com algumas famílias. E isso enriqueceu demais o trabalho”, diz, e completa: -“Conseguimos apresentar cada uma das etnias de maneira divertida, e isso nos faz sentir a energia e o carinho do público”.

Uma das curiosidades contadas no espetáculo é a origem do nome “Gramado”. “Antes da fundação do município, o tropeiro Tristão de Oliveira tirava cascas das árvores para colher a seiva.

Onde ficavam esses resíduos foi se criando um lindo campo de grama campestre, com vertentes de água, árvores e flores, e o local passou a ser usado por outros tropeiros como ponto de encontro.

Eles aproveitavam para descansar e recuperar as energias no “gramado” ou no “gramadinho”, como era carinhosamente chamado o local. Nasceu daí o nome Gramado”, explica Carla Reis.

Para a secretária de Turismo de Gramado e presidente da Festa da Colônia, Rosa Helena Volk, o espetáculo impressiona.

“Além de fazer um resgate cultural, ele conta de forma muito divertida e criativa os hábitos das três etnias que iniciaram a colonização do município, a maneira de pensar do alemão, do italiano e do português”, salienta, e convida: “Está bem escrito e dirigido. Vale à pena assistir”.

O espetáculo “Origens” é encenado as sextas-feiras e aos sábados, a partir das 20h30min, e tem entrada franca.

Serviço:

A 23ª edição da Festa da Colônia acontece até o dia 28 de abril, no Centro de Eventos ExpoGramado, em Gramado. A entrada do evento e o estacionamento são gratuitos.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: Adriano Frauches

  
  

Publicado por em