Estudantes e jornalistas vencedores de trabalhos acadêmicos e reportagens sobre o turismo são premiados no Rio de Janeiro

Principal missão do prêmio é a descoberta de novos talentos

  
  

Foram divulgados os resultados dos trabalhos vencedores do VI Prêmio de Monografias, Estudos de Caso e Reportagem no Setor de Turismo e Hotelaria, premiação promovida pelo Ministério do Turismo (MTur) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), por meio da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (Ebape). A entrega dos prêmios aconteceu na sede da FGV, na Praia de Botafogo, Rio de Janeiro.

A sexta edição do concurso recebeu a inscrição de 241 trabalhos, sendo 127 de graduação, 91 de pós-graduação e 23 reportagens. Os trabalhos foram analisados por uma banca avaliadora composta por professores, doutores e profissionais do setor, que passaram por um rigoroso processo de avaliação, em diversos quesitos como criatividade, relevância prática e rigor metodológico.

“Nossa missão com esta premiação é procurar talentos e temos feito isso anualmente, com bastante sucesso”, enfatiza José Francisco Salles Lopes, diretor do departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, antecipando a novidade para a edição do próximo ano, na qual os trabalhos de graduação e pós graduação serão divididos em dois grupos: Mestrado e Doutorado.

Os melhores trabalhos nas categorias graduação e pós graduação foram recompensados com um cheque no valor de R$ 3 mil para o primeiro colocado na categoria graduação e outro de R$ 5 mil para cada vencedor nas categorias pós-graduação e reportagem, que incluiu os melhores textos jornalísticos.

“Estou muito feliz em poder contribuir com um trabalho que, além de premiado, servirá como ferramenta para análise do processo turístico e cultural tanto no Brasil como no mundo”, afirma Daniela Fantoni Álvares, ganhadora na categoria pós graduação com o trabalho “Avaliação de Planos – Processo em Áreas de Desenvolvimento Turístico”.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em