Etnias e turismo em debate

Diversidade étnica atrai turistas brasileiros e estrangeiros

  
  

Turismo Étnico: uma alternativa de desenvolvimento econômico e social. Esse é o tema de uma das mesas de debate que acontecerá no Núcleo de Conhecimento, durante as atividades do 5º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil. O Núcleo de Conhecimento é um espaço para discussões e palestras, que trará convidados nacionais e internacionais, entre especialistas na área de turismo.

O Ministério do Turismo (MTur) reconhece o Turismo Étnico como a constituição de atividades turísticas acompanhadas por experiências, modo de vida e a identidade de grupos étnicos. Envolve as comunidades representativas dos processos imigratórios europeus e asiáticos, indígenas, quilombolas e outros grupos sociais que preservam seus legados étnicos como valores norteadores em seu modo de vida.

“O Brasil é um país reconhecido por sua diversidade étnica e isso desperta o interesse de brasileiros e estrangeiros em conhecer a história e a cultura das etnias que formaram o nosso povo”, explica Sáskia Lima, coordenadora-geral de Segmentação do MTur.

Representantes de três grupos étnicos participarão da mesa de debates, no dia 28 de maio, a partir das 17h. Nitinauã Pataxó, da Reserva Indígena da Jaqueira; Marcio Miranda, que representará as etnias Holandesa, Germânica e Eslava; e Leonardo Ventura, representando as comunidades Quilombolas.

Conheça o perfil dos participantes AQUI.

Os interessados em participar da mesa de debates sobre Turismo Étnico devem se inscrever AQUI.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em