Eventos no Brasil e na Argentina vão consagrar as Cataratas

O roteiro inclui passeio de barco pelas corredeiras do Rio Iguaçu, trilhas a pé pela mata do Parque Nacional do Iguaçu e outros.

  
  

As delegações dos países onde ficam as sete maravilhas da natureza já estão chegando à fronteira do Brasil com a Argentina e o Paraguai para o grande evento de consagração das Cataratas do Iguaçu como um das atrações eleitas no concurso promovido pela New Seven Wonders. Serão três dias de programação, que começa na sexta-feira, dia 25.

O presidente da fundação suíça, Bernard Weber, fará a entrega da chancela ao Comitê Local Vote Cataratas, durante um show popular no Gramadão da Vila A, em Foz do Iguaçu. A programação inclui sobrevoo de dirigível e apresentações artísticas.

Primeiro, sobe ao palco a banda Soul Funk; depois, A Banda Mais Bonita da Cidade. Em seguida, as atrações nacionais, o grupo Cidade Negra e o cantor Daniel. Só para o show em Foz, o público estimado é de 30 mil pessoas. A entrada é grátis.

Em Puerto Iguazú, a festa continua com uma agenda similar e o Iguazú in Concerto. A delegação das maravilhas é composta por 25 representantes de todas as atrações eleitas.

Cobertura completa:

Jornalistas nacionais e internacionais estarão na fronteira para a cobertura do evento. Os profissionais da imprensa e as delegações farão visitas aos atrativos turísticos, entre eles a Itaipu Binacional e as Cataratas do Iguaçu, na Argentina e no Brasil. O roteiro inclui passeio de barco pelas corredeiras do Rio Iguaçu, trilhas a pé pela mata do Parque Nacional do Iguaçu e outros.

Promoção:

A promoção é da Globo Internacional, por meio da RPC TV, e também do Fundo Iguaçu e da Itaipu Binacional. Serão três dias de programação. Os principais veículos de comunicação da Argentina, como Clarin e La Nacion, já confirmaram a cobertura do evento. Do lado brasileiro, a expectativa é grande.

Três maravilhas:

O Brasil é o único país do mundo com três maravilhas eleitas por concursos da New Seven Wonders. O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, ganhou o título em 2007, como uma das novas sete maravilhas. No último concurso, para a eleição das sete novas maravilhas da natureza, até então inédito, o Brasil emplacou duas atrações, as Cataratas e a Amazônia.

Marco histórico:

Para o diretor da New Seven Wonders, Jean Paul de La Fuente, a consagração das Cataratas representa um marco para o Brasil e todo o Destino Iguaçu. Além da beleza cênica de suas atrações naturais, o País tem uma população unida.

"Assim como no futebol, mostrou ser uma grande torcida. E não somente torceu, como também votou e multiplicou votos”, afirma. Ele chegou nesta terça-feira a Foz do Iguaçu para a organização do evento.

Durante um almoço com os integrantes do Comitê Vote Cataratas, Jean Paul de la Fuente ajudou a definir os últimos detalhes da programação. Assim como aconteceu nas Filipinas e em Porto Princesa, duas maravilhas já consagradas com o título, “a expectativa é que o evento traga ainda mais promoção para o Destino Iguaçu. Será, sem dúvida, uma grande festa, com grande repercussão na mídia”, acredita.

Agenda:

A programação começa na sexta-feira, dia 25. A delegação das sete maravilhas, composta por 25 pessoas, jornalistas e convidados visitam pela manhã, por volta das 9h, o Parque Nacional do Iguaçu. Ao meio-dia, o grupo almoça no Porto Canoas. À tarde, segue para a Itaipu Binacional. Às 15 horas está previsto o sobrevoo do dirigível da New Seven Wonders pelos céus da fronteira, com duração prevista de meia hora, com saída/chegadaao Gramadão.

Shows começam por volta das 18h:

Às 18h, começam os shows. Sobem ao palco o cantor Daniel, o grupo Cidade Negra, a banda Soulf Funk e A Banda Mais Bonita da Cidade. Durante o intervalo das apresentações, por volta das 20h, acontece a cerimônia de consagração. O presidente da New Seven Wonders e o prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donal Ghisi, farão um pronunciamento e vão descerrar uma placa de bronze alusiva à eleição.

Cerimônia:

O presidente do Comitê Local Vote Cataratas em Foz do Iguaçu, o jornalista Gilmar Piolla, que também está à frente do Fundo Iguaçu e é superintendente de Comunicação Social de Itaipu, e o jornalista Marcelo Almada, presidente do comitê na vizinha Puerto Iguazú, participam da solenidade ao lado do diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, do secretário de Turismo de Foz, Felipe González, do presidente do Iguaçu Convention & Visitor Bureau, Mauro Sebastiany, além de de outros representantes do turismo local. Após o descerramento da placa, o show prossegue madrugada adentro.

Reconhecimento e agradecimento:

“Será um ato de agradecimento e reconhecimento à população de Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú e também a toda a imprensa regional, nacional e internacional, que acreditou e ajudou a eleger as Cataratas do Iguaçu”, agradece Piolla. E acrescenta: “Esse título melhorou a autoestima da população local. Foz saiu das páginas negativas dos jornais e ganhou espaço positivo na mídia; a tendência é que isso continue acontecendo”, diz.

Em Puerto Iguazú:

No sábado, dia 26, a programação é em Puerto Iguazú. Logo cedo, as delegações e o grupo de jornalistas fazem passeio no lado argentino das Cataratas do Iguaçu. Ao meio-dia, o grupo almoça no restaurante da reserva ambiental. Às 15h, está prevista uma coletiva e o descerramento de uma placa alusiva à premiação. A placa de bronze pesa 130 quilos. Cada placa ficará na entrada de cada lado da maravilha da natureza, no Brasil e na Argentina, como símbolo da consagração.

Às 16h, a comemoração prossegue durante a “Festa Cataratas 7 Maravilhas da Natureza”. O evento coincide com o encerramento do festival “Iguazú em Concierto”, que vai reunir 700 jovens de todo o mundo. Na sequência será servido um coquetel para os convidados, entre eles, jornalistas, delegações, representantes do trade turístico e autoridades.

No domingo, dia 27, haverá o Congresso das Sete Maravilhas da Natureza, com programação em Puerto Iguazú e em Foz, no Hote Mabu e participação de representantes de todas as atrações eleitas. O congresso vai definir uma agenda em conjunto para melhorar ainda mais visibilidade do Destino Iguaçu.

“A ideia é elaborar uma pauta em comum de promoção para o destino, atrair investimentos e capacitar a mão-de-obra local para os novos desafios”, comenta Marcelo Almada. Logo após o encontro, haverá uma coletiva. O início está previsto para as 15h.

Resultados:

O resultado da eleição das Cataratas se dá em números e também na repercussão no Destino Iguaçu em outros mercados importantes.

“Recentemente estive em Belo Horizonte e em Brasília, e quando comentei que era de Foz do Iguaçu recebi uma receptividade incrível. Todos perguntavam e afirmavam ao mesmo tempo: ‘você então é da Terra das Cataratas, aquele lugar magnífico?’”, conta González, com orgulho.

O secretário completa: “Era exatamente isso que a gente esperava”. A expectativa em relação ao evento é grande. “O que nós queremos é que os iguaçuenses internalizem essa conquista. Quanto mais gente fazendo propaganda de nós, melhor.

Para o presidente do Iguaçu Convention & Vistors Bureau, Mauro Sebastiany, o trabalho tem que continuar. “A consagração serve como um estímulo para que as pessoas se orgulhem de nossa terra e tenham uma visão de futuro”.

Frentes de trabalho:

A Gestão Integrada do Turismo está trabalhando em várias frentes, entre elas a elaboração de um selo, CDs e vídeos. O público-alvo são os operadores de turismo. Mais de 1.200 agentes serão treinados na primeira etapa.

Para as agências, o trabalho prevê a elaboração de pacotes específicos e diversificados. Serão trabalhados os mercados de Belo Horizonte, São Paulo (capital e interior, como Campinas, Ribeirão Preto e Presidente Prudente, entre outros), além de novos nichos.

Só neste ano, a ocupação hoteleira explodiu na baixa temporada. Subiu de 38% a 42% para 62%. No Parque Nacional do Iguaçu e na Itaipu, a visitação também é recorde.

“Nas Cataratas, é possível identificar vários turistas que vieram para cá em função do título”, conta Adélio Demeterko, gerente comercial da Cataratas S.A., empresa que administra a visitação turística no Parque.

Histórico:

A celebração acontece seis meses depois das Cataratas do Iguaçu serem confirmadas como uma das sete maravilhas da natureza. O anúncio foi feito em 11 de novembro no site da fundação New Seven Wonders, organizadora do concurso. A Amazônia também foi incluída na lista, o que consagra o Brasil com duas maravilhas na eleição.

Visite : www.revistaecotour.com.br

Fonte: Itaipu Binacional

  
  

Publicado por em