Feira Mundial de Artesanato acontecerá em São Paulo

Os trabalhos artesanais encantam não só pela beleza e delicadeza proporcionadas pelas mãos hábeis dos artesãos. Mais do que isso, trazem embutidas em suas peças as mais diversas peculiaridades culturais da regi&at

  
  

Os trabalhos artesanais encantam não só pela beleza e delicadeza proporcionadas pelas mãos hábeis dos artesãos. Mais do que isso, trazem embutidas em suas peças as mais diversas peculiaridades culturais da região onde foram produzidas, revelando os costumes e as tradições locais.

Conhecer um pouco mais dessas características em uma verdadeira viagem cultural por meio do artesanato é uma das propostas da Art Mundi 2007.

O visitante da segunda edição da feira mundial de artesanato vai ter a oportunidade de entrar em contato com a produção artesanal de 33 países e 22 estados brasileiros. E o que é melhor, sem sair de São Paulo. O evento ocorre entre os dias 7 e 16 de setembro, no Pavilhão Oeste do Anhembi, na capital paulista.

Em 11 mil metros quadrados, onde estarão distribuídos os mais de 300 estandes e os trabalhos de 1,5 mil artesãos, os visitantes terão a oportunidade de conhecer de perto o artesanato de países de quatro continentes, como o da Indonésia.

A arte dessa nação do sudeste asiático, caracterizado pelo sincretismo cultural, estará representada por esculturas de cavalos, feitas com mogno da região de Java. Utilizadas para decorar mansões, o parlamento indonésio e outros ambientes sofisticados, a obra leva em média oito meses para ficar pronta. Ainda da Indonésia, da região de Bali, o visitante poderá encontrar trabalhos como a garça de madeira talhada à mão, que recebe pintura e aplicações de tecido.

Quem for à Art Mundi 2007 também se encantará com os cristais de Murano. O trabalho artesanal em

vidro

teve origem na Itália, mais precisamente na cidade de Veneza. Em 1291, as autoridades venezianas, preocupadas em preservar o sigilo da arte de “esculpir” vidros, transferiram todas as fundições da cidade de Veneza para a ilha de Murano.

Os artesãos não podiam abandonar a ilha sob a ameaça de pagar com a própria vida. Essa técnica secular que transforma os cristais vindos da ilha de Murano em verdadeiras jóias estarão disponíveis na feira por meio de colares, anéis, brincos e artigos de decoração.

Para os que gostam de moda, as pashiminas (grande xale retangular) são as indicadas. Mulheres de estilo têm sempre uma pashimina no armário. Feitas com a lã do pescoço de ovelhas (considerado o melhor fio do mundo), a peça ganha coloração natural com pigmentos vegetais.

Mulheres na Índia costumam ficar meses tecendo uma pashimina, o que faz a peça ter um preço mais elevado. Na Art Mundi, poderá ser encontrada entre R$ 50 (as mais simples) e R$ 935 (as mais sofisticadas, com bordados).

Brasil :

Do mundo para o Brasil, o visitante poderá entrar em contato com expressões culturais de 22 estados. Do Amazonas, cujo artesanato regional está diretamente ligado a elementos da cultura local e a matéria-prima utilizada para a produção das peças tem origem na floresta, um dos destaques são os jarros de cerâmica natural, representação de uma arte que já remonta milênios de anos.

As cerâmicas mais antigas de que se tem registro na Amazônia datam de cerca de 7 a 8 mil anos. As peças presentes na Art Mundi são produzidas em um torno e depois talhadas totalmente de forma manual.

Já de Minas Gerais, região conhecida por ser uma grande produtora de gemas (difundida agora na novela

Eterna Magia

, da Rede Globo), os destaques ficam para as mandalas que mesclam a colagem de variados cristais e citrinos, além de texturas desenvolvidas a partir de tintas e papéis, tudo colado em uma tela pintada na cor marrom.

“Essa grande diversidade cultural concentrada na Art Mundi 2007 é uma ótima oportunidade para os visitantes conhecerem um pouco mais sobre os costumes e tradições das nações e das regiões que estarão representadas por meio de suas peças artesanais”, ressalta Jackson Hara, gerente de marketing da Diretriz Empreendimentos, empresa organizadora do evento.

Art Mundi 2007 – Feira Mundial de Artesanato

Países participantes por continente

África

Ásia

Europa

Américas

Quênia, Senegal, Egito, Tanzânia, Marrocos, Ruanda, Uganda, Tunísia, África do Sul e Zimbábue.

Indonésia, Índia, Síria, Líbano, Paquistão, Irã, Nepal, Palestina, Vietnã, Iêmen e China.

Turquia, Itália, Rússia e Portugal.

Colômbia, Equador, Peru, Uruguai, Bolívia, Brasil, México e Cuba.

Estados brasileiros participantes

AC, AL, AM, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RS, SC, SE, SP e TO.

SERVIÇO

Art Mundi 2007 - Feira Mundial de Artesanato

Realização:

Diretriz Empreendimentos

Data:

de 7 a 16 de setembro de 2007.

Horário:

das 13h às 21h, todos os dias, para o público em geral.

Das 13h às 21h, no dia 10 de setembro, para lojistas.

Preço de entrada:

R$ 12, acima de 12 anos, e R$ 6, acima de 60 anos. Crianças até 11 anos não pagam.

Informações:

(41) 3075-1100

Fonte: Versátil Comunicação

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em