Festival de Turismo em Foz do Iguaçu desperta o interesse de operadores, agentes de viagens e empresários

O festival representa a oportunidade de relacionamento com o mercado emissivo de turismo que tem Foz do Iguaçu como principal destino

  
  

A repercussão internacional da eleição das Cataratas entre as sete maravilhas da natureza e a recente escolha de Foz do Iguaçu para sediar os XGames, contribuíram para despertar ainda mais o interesse de operadores, agentes de viagens e empresários pelo 7° Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu, programado para os dias 13 a 15 de junho, no Rafain Palace Hotel e Convention Center.

Já há até mesmo lista de espera para alugar os estandes da Feira de Turismo, atividade paralela ao festival. Outro evento paralelo, o 1º Encontro Internacional de Blogueiros de Turismo, reunirá em Foz do Iguaçu os responsáveis pelos mais acessados blogs do Brasil e do exterior voltados à divulgação de destinos nacionais e internacionais.

O festival:

O festival tem o apoio da Itaipu Binacional, Secretaria Municipal do Turismo, Iguassu Convention & Visitors Bureau (ICVB),Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares e Conselho Municipal de Turismo, entre outras instituições, o 7° Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu deve ter mais de 6 mil inscritos, superando a marca da edição passada.

Deste total, a maior parte é formada por agentes de viagens, mas a lista também inclui empresários, operadores e guias de turismo, professores, estudantes e jornalistas.

Os números confirmam que, hoje, o festival é “um dos maiores eventos de turismo do Brasil e referência para o setor”, segundo Gilmar Piolla, superintendente de Comunicação Social da Itaipu e presidente do Fundo de Promoção e Desenvolvimento do Iguaçu.

Para Piolla, o festival representa “a oportunidade de relacionamento com o mercado emissivo de turismo que tem Foz do Iguaçu como principal destino”.

Feira de Turismo:

Em 2011, cerca de 400 expositores ocuparam os 240 estandes da Feira de Turismo, número que deve também ser superado este ano, a julgar pela procura. Há filas de espera para os estandes, conta o organizador do festival, Paulo Angeli.

A feira oferece 100 mil metros quadrados para os expositores apresentarem os seus produtos e destinos para os visitantes e
participantes. Em relação aos negócios gerados pelo festival, Angeli diz que os únicos números que podem ser mensurados são justamente os da Rodada de Negócios do Sebrae, um dos eventos paralelos.

Em 2011, o Sebrae calcula que os negócios feitos no evento chegaram a R$ 18 milhões, com expectativa de crescimento para este ano.

Paraguaios:

Neste ano, o evento terá uma presença maior de paraguaios, principalmente de Ciudad del Este. Eles promovem a Feira Internacional de Turismo de Compras do Iguassu, para mostrar aos agentes de viagens a nova imagem do comércio de Ciudad del Este e colocar definitivamente o turismo de compras como mais um atrativo turístico comercial do Destino Iguassu. O presidente do Iguassu Convention & Visitors Bureau, Mauro Sebastiany, acha que promoções como a “Black Friday”, promovida pela primeira vez entre 10 e 13 de maio e inspirada no evento semelhante que ocorre nos Estados Unidos em novembro, pode atrair para Ciudad del Este muitos brasileiros que hoje fazem suas compras em Miami.

“Por que essa gente não pode vir para cá?”, questiona Sebastiany, lembrando que o Destino Iguaçu se fortaleceu na área de lazer e eventos, mas que o turismo de compras “pode ser potencializado”.

Segundo ele, as entidades de classe do comércio e do turismo paraguaio ainda são incipientes, mas começam a marcar presença de forma mais firme.

Mais eventos:

O festival inclui ainda uma série de eventos paralelos, como Fórum Internacional de Turismo do Iguaçu; Rodada de Negócios do Sebrae; HotelShow; Encontro Gastronômico Abrasel Iguaçu, que reunirá grandes chefs nacionais e internacionais; reunião do Clube do Feijão Amigo: encontro nacional da Associação Brasileira dos Agentes de Viagens; Mostra de Produtos Artesanais regionais; a 3ª Assembleia Geral de 2012 da Associação Nacional de Secretários e Dirigentes de Turismo das Capitais e Destinos
Indutores, entre outros.

Empresários de cinco estados e também do Paraguai e da Argentina vão participar do Hotel Show. Esta é uma das principais feiras de negócios do setor, com exposição de produtos e serviços, além de uma programação de palestras, oficinas e minicursos. Dezenas de expositores participam da Hotel Show, com novidades e inovações para a rede hoteleira, moteleira e gastronômica.

Encontro de blogueiros:

Mas a grande novidade deste ano é mesmo o 1° Encontro Internacional de Blogueiros de Turismo(Eibtur).Os profissionais que dão dicas, compartilham roteiros e contribuem para fortalecer destinos turísticos vão discutir a importância das mídias sociais da internet como o Twitter e o Facebook na divulgação do turismo.

Crédito de carbono:

O 7° Festival Internacional de Turismo, também neste ano, tem como preocupação evitar ao máximo danos ao meio ambiente. Todo o evento tem suas emissões de gases efeito estufa compensadas pelo Programa de Redução e Compensações de Emissões de Gases de Efeito Estufa (Programa Recompense).

O serviço consiste no levantamento e quantificação de carbono (CO²) emitido na atmosfera. A partir disso, é elaborado um plano de redução e, o que não é possível diminuir, é compensado com o plantio de árvores.

Em 2011, foram geradas 169 toneladas de Dióxido de Carbono (CO²) – referentes ao combustível gasto pelos participantes para se deslocar até o evento, impressão de material gráfico, resíduos sólidos gerados e utilização de energia elétrica, entre outros. Para compensar esta emissão, foram plantadas 1.127 mudas de árvores nativas em uma área de preservação permanente.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: Itaipu Binacional

  
  

Publicado por em