Força do turismo brasileiro é destaque na abertura da ABAV 2009

37º. Congresso Brasileiro das Agências de Viagens e Feira das Américas acontece no Rio de Janeiro até 23 de outubro

  
  

O vigor do turismo brasileiro e as oportunidades esperadas com a realização da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016 foram os destaques dos discursos dos ministros do Turismo, Luiz Barretto, e da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, na abertura do 37º. Congresso Brasileiro das Agências de Viagens e Feira das Américas (ABAV 2009). Barretto conclamou os empresários e profissionais do turismo, reunidos no Riocentro, Rio de Janeiro, a aproveitarem os bons negócios que surgirão com a realização no Brasil da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016.

Durante o discurso, Barretto lembrou que, no ano passado, a Feira das Américas aconteceu em momento de “apreensão” em função da crise econômica mundial. “O Brasil superou a crise com demonstração de vigor da nossa economia e o acerto das medidas anticíclicas implementadas pelo governo federal”, ressaltou o ministro para a platéia composta de empresários, profissionais, governadores, prefeitos e representantes de órgãos oficiais de turismo de todo o pais.

A ministra Dilma reforçou o empenho do governo federal para a realização da Copa e anunciou que está em estudo, além do PAC da Copa, um programa de investimento para as Olimpíadas. Ela reforçou a importância e o dinamismo do turismo, como importante vetor de desenvolvimento econômico e inclusão social.

Dilma Rousseff lembrou que o setor ocupa o quinto lugar na pauta das exportações brasileiras e atraiu no ano passado R$ 5 bilhões em divisas para o pais. “É difícil encontrar na economia um setor tão dinâmico, plural e charmoso como o turismo. Uma área que se estrutura de forma competitiva e desafiadora com base na parceria público-privada”.

O ministro Barretto destacou a importância da atuação do empresariado do turismo na superação da crise. Falou também dos esforços do MTur para estimular a demanda interna com a realização de campanhas publicitárias e aumento da oferta de crédito tanto para as empresas como para o turista. Ações que, segundo ele, resultaram no crescimento médio de 20% em todos os setores da atividade turística no verão passado.

“Os números comprovam o crescimento da demanda interna”, afirmou o ministro, mostrando que os 35 milhões desembarques domésticos de janeiro a agosto deste ano foram recorde histórico no período. Luiz Barretto lembrou ainda que a estimativa de chegada de 600 mil turistas estrangeiros para a Copa, com acréscimo de 15% a desse numero nas Olimpíadas de 2016 representa uma excelente oportunidade para mais um salto do turismo brasileiro.

A ABAV 2009 acontece no Rio de Janeiro até o dia 23 de outubro.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em