Gramado abre as portas para Festival de Turismo

Evento prossegue até domingo com feira de negócios, palestras e mais de 360 expositores

  
  

Otimismo, tradição e emoção. São as palavras que podem descrever o clima da abertura do 22º Festival de Turismo de Gramado na noite de quinta-feira (18), no Palácio dos Festivais, no município da região serrana do Rio Grande do Sul. Divulgação de dados positivos do setor, apresentação de grupos de tradição gaúcha e homenagem a Sílvia Zorzanello, uma das idealizadoras do festival, marcaram a cerimônia.

O secretário Nacional de Políticas de Turismo, Carlos Silva, falou da expectativa de continuidade das estratégias desenhadas para o setor nos últimos sete anos. Lembrou que as diretrizes para os próximos quatro anos estão expressas no Documento Referencial – Turismo no Brasil 2011/2014, elaborado pelo Conselho Nacional de Turismo e entregue aos então candidatos à presidência da República em setembro.

“Os resultados obtidos pelo setor nos últimos anos comprovam o acerto da decisão do atual governo de criar do Ministério do Turismo”, disse o secretário. Ele lembrou que o orçamento do MTur subiu de cerca de R$ 400 milhões em 2003, para R$ 4 bilhões em 2010. Para Carlos Silva, a realização de grandes eventos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas, vai exigir mobilização e esforços ainda maiores de todos os atores do segmento.

A organizadora do Festival, Marta Rossi, disse que o evento cresce de importância a cada ano, consolidando e atraindo novos nichos de mercado. A exemplo do turismo GLS, o Enoturismo (modalidade voltada para a apreciação de aromas e sabores de vinhos bem como da cultura das regiões que produzem a bebida) ganha destaque na mostra este ano. A cerimônia de abertura terminou com uma homenagem especial à Sílvia Zorzanello, falecida neste ano, e apresentação de grupos folclóricos do Rio Grande do Sul.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em