II Festival Internacional de Turismo no Meio do Mundo

"Dê um giro no Mundo. Vem pro meio!" Com esse slogan o Governo do Estado do Amapá, através da Secretaria Estadual do Turismo, com apoio do Ministério do Turismo, realizará, de 20

  
  

"Dê um giro no Mundo. Vem pro meio!"

Com esse slogan o Governo do Estado do Amapá, através da Secretaria Estadual do Turismo, com apoio do Ministério do Turismo, realizará, de 20 a 23 de setembro de 2007, o II Festival Internacional de Turismo do Meio do Mundo.

O evento tem objetivo de promover o Estado do Amapá e fazer uma maior integração com os municípios, dando visibilidade à diversidade e potencializando-o com novos roteiros turísticos, tornando o Amapá um destino turístico consolidado no cenário nacional e internacional.

Hoje o Amapá é considerado o estado mais preservado do Brasil com 96% de sua cobertura vegetal intacta, sendo a única capital brasileira onde passa a Linha do Equador e fazendo esquina com o Rio Amazonas - o maior do mundo, sendo um atrativo natural para o desenvolvimento do turismo.

O Festival irá consolidar o MEIO DO MUNDO como um produto turístico, evento bienal para acompanhar os grandes produtos e negócios de turismo; firmando a marca única, "Meio do Mundo" na Agenda Turística Nacional e Internacional; ampliando as relações já existentes com os países vizinhos, Guianas Inglesa e Francesa e o Suriname.

O Festival no Meio do Mundo se realizará através de Exposições, Mostras Culturais, Debates, Seminários, Concursos, Rodadas de Negócios, espetáculos, Feiras e Shows Artísticos, pelos mais distintos meios e maneiras que têm os homens para expressar, pensar e transformar seus "mundos".

O II Festival Internacional de Turismo do Meio do Mundo - terá uma área de treze mil metros quadrados (13.000 m²), com 81 stands no entorno do Monumento Marco Zero do Equador, e terá a participação dos 16 municípios do estado com exposições de seus atrativos e produtos turísticos (naturais, históricos e culturais), além de equipamentos de lazer, realização de negócios turísticos, gastronomia e conhecimento.

Divulgando e promovendo cada município, na formatação de novos destinos turísticos, agregando valor a seus produtos turísticos, como modelo de sustentabilidade para a comunidade local.

No enredo do festival será mostrado "Uma Viagem pelo Estado do Amapá" com exposição do potencial turístico, decoração e ornamentação típica de cada município do Estado em 20 Stands divididos em 05 (cinco) Pólos: Meio do Mundo, Castanhais, Tumucumaque, Pororoca e Extremo Norte, com sua diversidade cultural, seu artesanato e sua gastronomia e terá a oportunidade de conhecer os diversos tipos de turismo existentes nos municípios dos quais, Turismo Cultural, Artístico e Esportivo; Turismo de Conhecimento e Negócios, além do Ecoturismo.

Histórico do Festival - Evento criado em 2005 reuniu quase 50 mil pessoas
em 04 dias de festa em torno do Monumento do Marco Zero do Equador, que coincide com o fenômeno natural do Equinócio - que marca o início da Primavera no Hemisfério Sul.

O Festival foi criado com objetivo de estabelecer estratégia de desenvolvimento do Turismo para dar visibilidade a nossa diversidade, potencialidade e a construção de novos produtos e roteiros turísticos, tornando o Amapá um destino consolidado no cenário Nacional e Internacional.

A idéia na época era levar os visitantes a uma viagem pelo Amapá, tendo um contato próximo com suas peculiaridades em cada canto do estado. Outra novidade do Festival foi o casamento coletivo com 200 casais que tiveram uma emoção singular ao contrair matrimônio no meio do mundo, em vista do equinócio, os dias e as noites terem a mesma duração e isso representa no casamento o "equilíbrio entre o homem e a mulher".

O Festival será desenvolvido através da participação dos municípios, com exposições de seus atrativos e produtos turísticos (naturais, históricos e culturais) em 81 stands, numa área de 13.000m², além de equipamentos de lazer, realização de negócios turísticos e conhecimento.

O Festival tem como objetivo:
Consolidar o Produto Festival Internacional de Turismo do Meio do Mundo como um evento bienal, de negócios, de conhecimento, lazer e entretenimento da Amazônia Oriental com ressonância nacional e internacional.

ÁREA DE STANDS
Mostra “Uma Viagem pelo Amapá” com exposição do potencial turístico, decoração e ornamentação típica de cada município do Estado em 20 Stands divididos em 05 (cinco) Pólos: Meio do Mundo, Castanhais, Tumucumaque, Pororoca e Extremo Norte.

Sessenta e um (61) Stands para apresentação institucional de parceiros, colaboradores, Estados da Federação e Países presentes.

ARTE E CULTURA

DANÇA: Encontros de Dança no Meio do Mundo, apresentações no palco alternativo da praça de alimentação (Grupos de Marabaixo, Toadas, etc.);

MÚSICA: shows locais e nacionais no palco principal, com infra-estrutura de palco, camarotes, sonorização, iluminação etc. com 01 (um) show Gospel e 01 (um) show nacional;

ARTES PLÁSTICAS: uma tenda climatizada de 100m², com 02 (dois) espaços, para exposições de artistas plásticos amapaenses e outra com a representação da cultura Maracá e Cunani.

ARTESANATO: contará com 100 (cem) barracas de artesanato amapaense.

TURISMO DE AVENTURA
Numa área específica com 535 m², com equipamentos de esportes radicais como:

1) Parede de escalada, Rapel e Tirolesa;
2) Pista para skate e patins;
3) Exposição Jeep Clube;
4) Exposição de Fotos e Equipamentos do Surf na Pororoca;
5) Exposição do Meca Tuning Brasil;
6) Torneio de Futebol dos Servidores Públicos do Meio do Mundo;

CONHECIMENTO
Na área de Conhecimento será realizado no dia 22/09 01 (uma) palestra nacional e 01 (uma) internacional no Salão Principal do Monumento do Marco Zero do Equador e no dia 27/09 acontecerá o Seminário no Dia Mundial do Turismo no Teatro das Bacabeiras.

GASTRONOMIA
A Gastronomia terá uma Praça de Alimentação com mostra gastronômica regional de cada município em 18 barracas.
A Panela do Amapá contará com a participação de 04 restaurantes locais nos 04 dias do Festival com atendimento noturno.
Será implementado uma Casa de Farinha e uma Batedeira de Açaí no espaço gastronômico.

LANÇAMENTOS E PROMOÇÕES
Nacional:
Divulgação na imprensa;

No Estado: Apresentação do projeto ao Fórum Estadual de Turismo/AP (29/06);
Coquetel de lançamento do evento para a Imprensa Amapaense no dia (24/08) e distribuição do material promocional no Estado;
Fórum Nacional de Secretários de Turismo na reunião em Manaus-AM, no Congresso Nacional da ABRASEL.

Internacional: Realização de 2 Works Shop para apresentar o II Festival Internacional de Turismo na Guiana Francesa (Caiena) e Suriname (Paramaribo), com distribuição de material promocional nos idiomas Francês e Inglês;

ENCONTRO DE NEGÓCIOS
No espaço de comercialização de Pacotes Turísticos, haverá uma Encontro de Negócios com Byers e Suppliers nacionais e internacionais, no Salão alternativo do Marco Zero do Equador no dia 22/09 – Matutino.

FÓRUM NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE TURISMO
Os 27 (vinte e sete) Secretários e Dirigentes de Turismo dos Estados da Federação e o Distrito Federal estarão representados no Fórum Nacional de Secretários de Turismo, com apresentações, discussões etc. no Salão Principal do Marco Zero do Equador (21/09) Matutino.

FAMTUR
Um Encontro de Jornalistas nacionais e internacionais estarão presente no evento, no Salão Alternativo do Monumento do Marco Zero do Equador, além de terem espaço na Sala de imprensa para apoio à cobertura do evento.

PESQUISA
Durante o evento do II Festival Internacional de Turismo no Meio do Mundo será realizado Pesquisa de demanda, opinião, procedência e sócio econômica com a participação de acadêmicos de turismo, além de catraca numérica de visitantes.

LAZER E ENTRETENIMENTO
Na área de lazer será montado um Parque de Diversões (terceirizado) com brinquedos infantis, adultos e jogos.

Encontro de Negócios de Operadoras de Turismo do Arco Norte/Nordeste

O Encontro de Operadoras de turismo acontece pela primeira vez no Festival Internacional de Turismo do Amapá com o objetivo de unir num mesmo roteiro Sol&Praia e Ecoturismo na Amazônia. O Amapá, assim, busca desenvolver a atividade de turismo de modo profissional e lucrativo, gerando oportunidade de ocupação e renda, melhorando a base de receitas e a qualidade vida de sua população.

O poder público tem trabalhado muito no sentido de articular políticas de incentivos, aperfeiçoamento da infra-estrutura, sensibilização, capacitação e qualificação das atividades de interesse direto. Mas para o turismo acontecer é necessário que a iniciativa privada faça a sua parte. Sabe-se que uma Encontro de negócios pode estimular, em muito, aos empreendedores do setor a investirem fortemente, de modo a garantirem sua participação neste mercado que movimenta mais de 1 trilhão de dólares/ano em todo planeta.

O governo do Estado do Amapá, de posse do conhecimento de que o nicho mais promissor para o ecoturismo para a Amazônia está no mercado internacional, dado as peculiaridades regionais, vem firmando vários acordos internacionais para a construção e consolidação de roteiros integrados de turismo.

Dentro desta estratégica, a SETUR-AP, considera fundamental, construir e consolidar roteiros integrados internos envolvendo as regiões do arco Norte e Nordeste (sol & praia e Ecoturismo Amazônico) para então anexar a outros roteiros envolvendo o Platô das Guianas, entre outros.

Assim, a Setur-AP, resolveu realizar dentro do II Festival Internacional de turismo do Meio do Mundo que acontecerá no período de 20/09/07 a 23/09/07, um “Encontro de Negócios Com Operadoras do Arco Norte-Nordeste” no dia 22/09/07, envolvendo os estados do Ceará, Maranhão, Pará e Amapá, com vistas a captar grupos de portugueses descendo no Ceará (podendo também vir de Pernambuco e rio Grande do Norte) e grupos de franceses descendo pela Guiana Francesa.

Inicialmente, foram selecionadas 03 operadoras de cada estado, com experiência em receptivo de grupos internacionais, para fazer parte deste esforço de negócios. No segundo momento, previsto para novembro, será realizado um novo encontro com a participação de operadoras internacionais oriundas do Platô das Guianas e da Europa.

OBJETIVOS:
• Construir Roteiros Turísticos Integrando as regiões Norte e Nordeste com vista à exploração do mercado europeu;
• Criar oportunidade de compra e venda de produtos e serviços turísticos;
• Estimular as agências e operadores locais regionais a formatarem produtos turísticos/ecoturísticos para o mercado nacional e internacional;
• Promover a profissionalização da oferta de produtos turísticos para a região;
• Consolidar o Amapá como um destino turístico.

Programação do Encontro (provisório):

Sábado 22 de setembro
08h00 às 9h30 – Credenciamento de operadoras participantes;
08h30 – Abertura pela Secretária de Estado do Turismo do Amapá;
08h45 – Apresentação da dinâmica do Encontro;
9h00 – Apresentações institucionais (07 minutos para cada empresa);
10h30 - Coffe breack;
10h45 – Formação de Grupos de Trabalho para elaboração de propostas de roteiros integrados;
11h00 – Apresentação dos resultados dos GTs;
11h30 – Encerramento
12h00 – Apresentação e negociação do projeto Vai Brasil pela BRAZTOA.
13h30 – Almoço;
16h00 – city tour;
21h00 – Jantar de confraternização.

Metodologia do Encontro:

Elaboração e organização da metodologia de Encontro de Negócios, já testada e formatada através de um sistema rápido e eficiente de apresentação comercial, cujo objetivo é despertar várias novas oportunidades em uma única manhã, de forma que, no resultado final, todos os participantes se apresentem e conheçam os potenciais de produtos e serviços para elaboração de roteiros integrados Norte-Nordeste. E se dará da seguinte forma:

• Os agentes e operadoras se apresentam e apresentam as possibilidades de serviços e insumos para a participação de sua empresa e de sua região para o roteiro integrado;
• Os agentes e operadoras se encontram em GTs com agentes e operadoras dos demais estados para criarem os roteiros básicos e a estratégia de captação;
• Os Grupos de trabalho apresentam suas propostas, combinando novo encontro para negociarem valores e periodicidade de operacionalização dos roteiros;

Vantagens do Encontro de Negócios para as empresas participantes:

Divulgação e marketing institucional;
• Integração com a comunidade regional;
• Identificação e captação de novos parceiros;
• Oportunidades de realização rápida de negócios;
• Troca de informações;
• Conhecimento de mercados potenciais e abertura de novos mercados;
• Realização de parcerias e intercâmbios em âmbitos nacional e internacional;
• Aquisição de conhecimento e acesso a novas tecnologias;
• Aumento de volume de vendas.

II Festival Internacional de Turismo do Meio do Mundo - 2007
Informações Gerais:

Data: 20 a 23 de setembro de 2007
Local: Complexo “Marco Zero do Equador”– Área: aproximadamente 13.000 m²
Site: www.festivaldomeiodomundo.ap.gov.br
Email: festivaldomeiodomundo@setur.ap.gov.br

Realização:
Governo do Estado do Amapá- GEA
Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico- SEDS
Secretaria de Estado do Turismo- SETUR

Fonte:II Festival de Turismo do Meio do Mundo

  
  

Publicado por em

Alexandre coelho maciel

Alexandre coelho maciel

14/01/2009 09:59:21
é o meio de proporcionar a todo estado a divulgação de suas culturas e tradições,e o festival nos proporciona tudo isso e fortalece a economia local,tão bem como divulga nossas belezas naturais.

Alexandre Coelho Maciel

Alexandre Coelho Maciel

14/01/2009 09:36:25
é o meio de proporcionar o turismo do nosso estado fazendo com que divulgue nossas riquezas naturais,e o festival nos abre essa porta de conhecimento,como,conhecer a cultura de todos os municípios do nosso estado.

é o meio de proporcionar a união dos nossos municipios

e com isso fortalecer o turismo de cada munic