Jardim vertical será tema do Architectour

Em setembro de 2010, Patrick Blanc vem para o Brasil participar do Architectour – Seminário Internacional de Arquitetura para a Cultura e o Turismo trazendo sua grande experiência em paisagismo, um dos temas que serão debatidos.

  
  
Jardim vertical

Uma ponte esverdeada chama a atenção dos motoristas e pedestres em Aix en Provence, sul da França. É um jardim – só que vertical. Invenção do francês Patrick Blanc, esses canteiros que pendem pelas paredes se encontram em prédios e casas mundo afora, como Paris, Milão, Frankfurt e Bangcoc.

Sua inspiração veio da própria natureza, ao observar plantas que crescem em despenhadeiros, entradas de cavernas e rochas.É na integração entre arquitetura e paisagem que Patrick Blanc mostra todo o potencial do uso da vegetação nos edifícios. O botânico nascido em 1953 tem trabalhado há anos com uma técnica que permite que seus jardins verticais, também conhecidos como “Le Mur Vegetal”, em francês, sejam tão leves que possam ser instalados em qualquer tipo de parede, pequena ou grande, internas ou externas. Dentre os trabalhos de Blanc está a fachada do Musée Quai Branly, em Paris, próximo à Torre Eiffel.

Em setembro de 2010, Patrick Blanc vem para o Brasil participar do Architectour – Seminário Internacional de Arquitetura para a Cultura e o Turismo trazendo sua grande experiência em paisagismo, um dos temas que serão debatidos.

O evento que já reuniu em suas duas edições alguns dos maiores e melhores arquitetos e profissionais do turismo mundial em Florianópolis e, nesta nova edição, vai discutir temas como: A nova visão da arquitetura, o desenho nas cidades, equipamentos nas formações das cidades e o tratamento dos vazios em ambientes urbanos.

Fonte: Architectour

  
  

Publicado por em

Jair

Jair

16/05/2010 17:33:09
Realmente é uma ótima opção. O jardim suspenço muda qualquer ambiente!