Maceió recebe coordenadores de turismo social do Sesc

Na abertura do evento, a assessora de Projetos Especiais da Semptur fez uma palestra sobre o destino Maceió.

  
  

A Secretaria Municipal de Promoção do Turismo, Indústria e Comércio (Semptur) participou, segunda-feira (25), da abertura do Fantour do Turismo Social do Sesc. O evento reúne, até esta quarta-feira (27), diretores, coordenadores e técnicos do turismo social do Sesc dos estados da Bahia, Sergipe, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Amazonas e Brasília que, além da visita técnica à Pousada Sesc, na praia de Guaxuma, vão conhecer os roteiros turísticos de Maceió.

Na abertura do evento, a assessora de Projetos Especiais da Semptur, Claudia Paiva, fez uma palestra sobre o destino Maceió, abordando desde a economia até os principais pontos turísticos da cidade, que dispõe de 15.600 leitos. Até 2010, serão seis mil novos leitos.

“Maceió tem as mais belas praias do Nordeste, e a prefeitura da cidade investiu R$ 95 milhões na reurbanização da orla. São 13 km onde os alagoanos e os turistas podem caminhar e pedalar com segurança pela orla urbana da capital alagoana, que está mais bonita e organizada”, disse Claudia Paiva.

Para a representante do Sesc-Salvador, Maria Altair Paim de Lima, o destino Maceió é muito fácil de vender porque, além das belas praias, tem um povo receptivo, ótima gastronomia e a pousada Sesc Guaxuma é apropriada para o lazer da família. “Duas vezes por ano, trago grupos de 48 pessoas para a pousada e 85% é comerciário. Quando tem excursão para Maceió, vendemos rápido, porque temos um carinho especial pela cidade, que é muita acolhedora”, reforça Maria Paim.

A pousada Sesc Guaxuma é integrada à rede do turismo social desde 1998, quando foi inaugurada. Atualmente, conta com 36 chalés e 30 apartamentos e tem uma taxa de ocupação anual de 85%. Os principais mercados são Pernambuco e Goiás. No ano passado, mais de 39 mil pessoas se hospedaram na pousada, que tem tarifa econômica para os comerciários, mas também é aberto ao público, desde que haja disponibilidade.

Fonte: Secretaria de Turismo de Maceió

  
  

Publicado por em