Maquete da Bahia impressiona visitantes do I Salão Baiano de Turismo

Uma das principais atrações do I Salão Baiano de Turismo é a grande maquete de 120 metros quadrados com ilustrações de todas as regiões da Bahia

  
  

Uma das principais atrações do I Salão Baiano de Turismo é a grande maquete de 120 metros quadrados com ilustrações de todas as regiões da Bahia, instalada no centro do Pavilhão de Feiras, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador. O projeto, elaborado pelo artista e maquetista Geo Suerdieck, pode ser visto a partir de uma percepção diferente: está instalado sob placas de vidro, abaixo do nível do chão, e pode ser pisada pelos visitantes.

Estudante da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Júlia Ferreira ficou impressionada com a parte que representa a Chapada Diamantina. “A maquete está linda, os efeitos ficaram muito legais. Caminhar aqui em cima é uma sensação diferente. Já tinha ouvido falar da maquete, mas não imaginava que fosse assim. Achei muito interessante”, opina.

Já Edileide Vieira, representante do hotel Cambuci, sentiu-se como se estivesse flutuando sobre a Bahia. “A primeira sensação que tive foi a de medo, pena de andar sobre os atrativos do Estado, mas depois me acostumei. É um trabalho muito minucioso e fiz questão de vir aqui para prestigiá-lo. Aliás, estou impressionada com o Salão como um todo, está muito completo”, diz.

A visitante Kátia Leite, que esteve presente no Salão, a fim de escolher um destino para viajar pela Bahia, aprovou a representação de pontos turísticos do interior do Estado. “Acho que a maquete representa a riqueza da Bahia. Aqui, podemos conhecer vários lugares. Além de praia, temos outras opções de lazer, como o turismo rural”, ressalta.

Feita com cinco toneladas de vidro e 2,5 toneladas de aço, a maquete conta com elementos que retratam a cultura e a história da Bahia. Nela, estão representados os principais pontos turísticos da Bahia, como o Monte Pascoal (Costa do Descobrimento), o Pelourinho, o Farol de Itapuã, o Elevador Lacerda e a Barragem de Paulo Afonso, além das festas regionais, como a Lavagem do Bonfim, o São João e o Carnaval.

A maquete, elogiada pelo ministro do Turismo, Gastão Vieira, e pelo governador Jaques Wagner, na abertura do Salão na manhã desta quinta-feira (17), será uma das principais peças de divulgação da Bahia em eventos turísticos no exterior, por sua versatilidade, já que pode ser montada e desmontada para transporte.

“Para o turismo, especialmente, será uma poderosa ferramenta de marketing, capaz de mostrar a maior potencialidade da Bahia, que é a diversidade de seus 28 principais destinos e suas 13 zonas turísticas”, afirma o secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli.

Fonte: Governo da Bahia

  
  

Publicado por em