Meeting Brasil em Bogotá reuniu 139 participantes

Em setembro, a Avianca passa a operar com voos diretos de Bogotá para Fortaleza e Salvador com saídas semanais e, em dezembro, para Recife

  
  

Um país com quase 50 milhões de habitantes e economia crescente como a da Colômbia, que deve ter um crescimento do PIB próximo dos 3%, segundo o FMI, não pode ser ignorado pelo mercado de turismo brasileiro. Por isso o Meeting Brasil 2017 desembarcou por lá e a estreia do evento em Bogotá não poderia ter sido melhor. No total, 139 representantes do setor do Brasil e da Colômbia estiveram no W Bogota Hotel, nessa quinta-feira.

Bertha Gadelha Abreu, primeira secretária da Embaixada do Brasil em Bogotá, visitou o Meeting Brasil e ressaltou que ações como essa são de extrema importância para fomentar o mercado. Segundo Bertha, 135 mil colombianos visitaram o Brasil em 2016 e as expectativas são de que este número cresça 5% no próximo ano.

"O mercado de turismo colombiano cresce de forma geral. Para aumentar a presença deles no Brasil trabalhamos muito a conectividade. A Avianca tem investido em voos diretos, a Latam tem mostrado a sua extensa malha aérea no Brasil e até mesmo a Copa é uma companhia aérea que possibilita melhores condições de voos para o país", afirma a secretária.

Em setembro, a Avianca passa a operar com voos diretos de Bogotá para Fortaleza e Salvador com saídas semanais e, em dezembro, para Recife. Quem também está em negociação para que cresçam as opções de voos diretos com saídas de diversas cidades da América do Sul é o Rio Grande do Norte.

"O mercado sul-americano é uma das prioridades do nosso trabalho de divulgação do destino Rio Grande do Norte. A Colômbia é um país que está viajando e queremos fazer com que eles conheçam o Estado e possam nos visitar com mais frequência e em maior quantidade", explica Ana Maria da Costa, Diretora Presidente da Emprotur (Empresa Potiguar de Promoção Turística).

A Marriott, representada por Márcio de Souza, diretor assistente de vendas nacionais da Marriott Brasil, disse estar surpreso com a curiosidade dos participantes locais sobre os hotéis da rede. "Além do Rio de Janeiro e de São Paulo, estamos apresentando novos destinos em que operamos, entre eles, Recife e Porto Alegre. Eles não conhecem e ficam impressionados. O bom é que estão dispostos a trabalhar praças novas e isso nos anima", afirma o executivo.

O que os colombianos solicitam é promoção dos destinos e atrativos do Brasil, pois ainda estão centralizados em viajar para Foz do Iguaçu, Rio de Janeiro e São Paulo. A agência de turismo All Reps foi uma das empresas locais a participar do evento e, para eles, o Brasil deve trabalhar mais tarifas promocionais para incentivar a ida dos colombianos para o país.

"Os colombianos viajam por toda a América do Sul, que tem bons preços. Tenho certeza que com valores mais competitivos, o Brasil crescerá e muito", explica Alvaro Aguilera, diretor comercial da agência que tem sede em Bogotá.

Com o evento em Bogotá, o Meeting Brasil 2017 está finalizado. "Afirmo que o encerramento do evento foi em grande estilo. Nosso objetivo em Bogotá era apresentar a diversidade brasileira e isso foi cumprido com sucesso. Diante da adesão, é muito provável que voltaremos no ano que vem", afirma Jair Pasquini, diretor de negócios da Expan Mais, empresa que promove o Meeting Brasil.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

Fonte: Cristiane Fernandes Palumbo

  
  

Publicado por em