Ministério do Turismo vai investir R$ 440 milhões em qualificação profissional para a Copa de 2014

Entre as ações do ministério, estará a realização de cursos online de espanhol e inglês e de gestão empresarial para pequenas e microempresas ligadas ao turismo.

  
  

O ministro do Turismo, Luiz Baretto, disse ontem (14) que sua pasta deverá aplicar recursos da ordem de R$ 440 milhões para a qualificação de 306 mil trabalhadores, como garçons, taxistas e recepcionistas, que devem ter contato com os visitantes que virão ao Brasil para assistir à Copa do Mundo de 2014.

Entre as ações do ministério, estará a realização de cursos online de espanhol e inglês e de gestão empresarial para pequenas e microempresas ligadas ao turismo. Em audiência pública conjunta das comissões de Fiscalização e Controle, Turismo e Desporto e de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados, o ministro falou dos preparativos para dotar o Brasil de boas condições no setor de serviços e infraestrutura para a realização da Copa do Mundo, nas 12 cidades brasileiras que sediarão o evento.

Em relação à infraestrutura hoteleira, Barretto informou que está negociação com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) a criação de uma linha de crédito para ampliação e modernização do setor hoteleiro no país. Ele disse, ainda, que vai ainda buscar parcerias e outros recursos, como os provenientes dos fundos constitucionais para ajudar na melhoria do setor hoteleiro. Para isso, ele já manteve contatos com o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima.

De acordo com o ministro, as cidades-sedes da Copa poderão obter financiamentos no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) da ordem de US$ 1 bilhão para ações de revitalização de centros históricos, sinalização turística e reformas de terminais rodoviários.

Fonte: Agência Brasil
Esta notícia está licenciada sob Licença Creative Commons de Atribuição 2.5

  
  

Publicado por em