Ministro do Turismo assina convênio para obras de infraestrutura em Tamandaré e Cabo de Santo Agostinho/PE

A infra-estrutura é de implantação de estradas vicinais de acesso às praias de Tamandaré e para a construção de três viadutos na Rodovia PE-60, no Cabo de Santo Agostinho.

  
  

O ministro do Turismo, Luiz Barreto, cumpriu agenda em Pernambuco, na última quarta-feira (10), relacionada a obras de infraestrutura ligadas a infraestrutura turística dos municípios do Cabo de Santo Agostinho, Tamandaré e Olinda. Junto com o governador, Eduardo Campos, e o secretário Estadual de Turismo, Sílvio Costa Filho, o ministro assinou convênio para o repasse de verbas relativas à implantação de estradas vicinais de acesso às praias de Tamandaré e para a construção de três viadutos na Rodovia PE-60, no Cabo de Santo Agostinho.

O investimento é ligado ao Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste - Prodetur II. O evento ocorreu no Ecoresort do Cabo, no Cabo de Santo Agostinho. “Com essas obras, estamos preparando Pernambuco para esse século para os turistas e para os moradores, pois nada pode ser bom para o visitante se não for para a população”, declarou Barreto.

Ao comemorar a assinatura dos convênios, o secretário Costa Filho lembrou que na quarta-feira (10) o Planejamento Estratégico para o Turismo completa um ano e seis meses. “Essas obras nos auxiliam a fazer o turismo realmente caminhar para o futuro como está previsto no planejamento. Somados a elas temos cerca de R$ 200 milhões, do Prodetur II, comprometidos com outras obras espalhadas pelo nosso litoral e vamos passar a contar também com investimentos pelo Prodetur Nacional”, declarou, acrescentando que o fato de Pernambuco ser uma das sub-sedes da Copa do Mundo de 2014 fará com que o turismo contribua ainda mais para o desenvolvimento do Estado. “Para se ter uma ideia, em 2009 estamos qualificando aproximadamente 12 mil pessoas e, até 2014, pretendemos realizar 60 mil capacitações. Isso entre outras ações como os investimentos que devemos atrair, a capacidade de leitos que deve passar de 32 mil para 40 mil”, informou.

Viadutos na PE-60 – O projeto prevê a implantação de três viadutos na Rodovia PE-60, no trecho entre a BR 101 (Cabo de Santo Agostinho) e a entrada de acesso ao Porto de Suape, sendo um sobre a linha férrea e dois outros na interseção com a área urbana do município. A obra está orçada em R$ 11,9 milhões.

Com os viadutos, a intenção é melhorar as condições de segurança e do tráfego na interseção da rodovia PE-60 com a área urbana do Cabo de Santo Agostinho, pois a rodovia recebe, atualmente, um tráfego intenso em função de funcionar como acesso a Suape, às praias do litoral sul, a outros destinos turísticos pernambucanos e, inclusive, ao Estado de Alagoas.

Vias vicinais de Tamandaré – O projeto prevê a implantação de 6,75Km de pavimentação, 9,44 Km de drenagem, passeio, iluminação e arborização da vicinal de acesso às praias de Tamandaré, no litoral sul. O investimento é de R$ 3,01 milhões.

Como Tamandaré constitui-se em um importante destino turístico, o objetivo é melhorar as condições de deslocamento no município que oferece belas praias, turismo ecológico, entre outros.

Olinda – Acompanhado pelo secretário Estadual de Turismo e pelo secretário Nacional de Infraestrutura, Frederico Costa, o ministro, no início da manhã, anunciou a intenção de contribuir com o projeto de urbanização e revitalização da orla marítima de Olinda, que foi apresentado pelo prefeito do município, Renildo Calheiros. Orçado em R$ 19,9 milhões, a iniciativa prevê a revitalização da orla em 3,75 Km, abrangendo o Bairro Novo e parte de Casa Caiada; a urbanização da orla em 2,5 Km, contemplando o trecho final de Casa Caiada e a orla de Rio Doce; a proteção para contenção do avanço do mar com obras em 1.369 metros em Casa Caiada e Rio Doce e a recomposição dos espigões de Bairro Novo.

“Com essas obras nós vamos colocar a cidade novamente de frente para o mar. Anunciar publicamente o nosso interesse nesse projeto me dá muita alegria”, falou o ministro prevendo que os serviços devem iniciar em outubro e serem concluídos até o final de 2010.
O secretário Costa Filho reforçou que a Setur-PE, em parceria com o Ministério do Turismo, está estão comprometidos com Olinda. “Já estamos realizando as obras de requalificação do Alto da Sé, orçadas em R$ 4,5 milhões, e devemos iniciar os trabalhos no Mercado Eufrásio Barbosa e na orla. Sabemos do potencial turístico da cidade e o anúncio do ministro hoje é uma vitória. Vamos retribuir com trabalho e procurando gerar oportunidades para o povo desse município e de Pernambuco”.

Fonte: Secretaria de Turismo de Pernambuco

  
  

Publicado por em

Evandro Ferreira

Evandro Ferreira

09/12/2009 20:25:31
Além de fazer coro das palavras de Carlos, digo mais: O povo de Tamandaré ainda espera também as obras de reforma da fortaleza que foram citadas em alguns jornais a uns 3 ou 4 anos e essa verba nunca chegou!!

CARLOS BELTRAO

CARLOS BELTRAO

19/08/2009 22:08:35
NO QUE DIZ RESPEITO A TAMANDARE E PRAIA DOS CARNEIROS ESSAS OBRAS SAO FUNDAMENTAIS SEM ELAS NAO HA TURISMO. SO ESPERAMOS E QUE O COMEÇO E TERMINO DAS MESMAS SEJAO UMA REALIDADE,POIS AS MESMAS JA ESTAO PROMETIDAS HA 10 ANOS

SEJAMOS OTIMISTAS