Ministro do Turismo visita os municípios de Petrópolis e Teresópolis

O objetivo foi conhecer as principais propostas para o desenvolvimento do turismo em Petrópolis e Teresópolis;

  
  

Conhecer as principais propostas para o desenvolvimento do turismo em Petrópolis e Teresópolis. Foi com este objetivo que o ministro do Turismo, Luiz Barretto, visitou os municípios das regiões serranas, acompanhado do secretário nacional de Políticas de Turismo, Airton Pereira.

Em Petrópolis, o ministro foi recebido pelo prefeito Paulo Mustrangi na sede da Prefeitura, onde se reuniu com outros representantes oficiais da cidade, como o vice-prefeito Oswaldo Costa Frias, o diretor-presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, Charles Rossi, o diretor do Museu Imperial de Petrópolis, Maurício Ferreira e o presidente da Câmara de Vereadores de Petrópolis, Bernardo Rossi.

Após a reunião, as autoridades assistiram a um vídeo promocional da cidade e conheceram os principais projetos para o desenvolvimento do setor turístico, em apresentação feita pelo diretor Charles Rossi. Entre as propostas, inseridas no “Projeto Destinos Indutores do Desenvolvimento Turístico Regional”, destacam-se a elaboração e confecção de material promocional; aumento da capacidade hoteleira; criação da Escola de Turismo, Hotelaria e Gastronomia; implantação de um plano de capacitação para a proteção do turista e criação de um Centro de Serviços e Apoio Operacional à Rua Teresa.

“O estudo de Competitividade dos Destinos Turísticos, desenvolvido pelo Ministério, é um instrumento orientador fundamental para o desenvolvimento do setor. Estamos trabalhando em novas propostas em várias dimensões, visando aumentar o tempo de estadia do turista em Petrópolis e também elaborando melhores formas de atendê-lo”, afirmou Rossi.

O Ministério do Turismo liberou uma verba de R$ 450 mil em convênio com a Secretaria de Obras do Rio de Janeiro para a elaboração de um projeto de revitalização da Rua Teresa, uma das principais para o comércio da região. “É uma iniciativa importante, já que a Rua é um grande pólo de comércio e responde por 14% do PIB de Petrópolis, além de gerar aproximadamente 40 mil empregos diretos”, afirmou Barretto.

Em seguida à apresentação, em ato simbólico, o ministro foi convidado a plantar uma muda da árvore nativa “Pataca”, no jardim do Museu Imperial. A espécie foi plantada nos jardins do Palácio por Dom Pedro II .

ESTRUTURAÇÃO E PLANEJAMENTO

Uma comitiva de secretários de governo de Teresópolis recebeu o ministro Luiz Barretto na tarde desta quinta-feira (30), que pela primeira vez visitou a cidade fluminense. Em gabinete, o prefeito Jorge Mario Sedlacek, o Secretário de Turismo Michel Al Odeh e o Secretário de Comunicação Ricardo Raposo apresentaram uma série de projetos desenvolvidos pelo município para o Turismo. As ações contemplam a revitalização dos pontos turísticos da cidade, o desenvolvimento do segmento de turismo rural, qualificação para os trabalhadores das atividades ligadas ao setor no município, a estruturação de roteiros na região serrana, além de projetos que organizam a distribuição de informações e qualificam o atendimento ao visitante.

De acordo com o ministro, em curto prazo a força turística das cidades da serra carioca poderá ser peça chave no desenvolvimento econômico local. “A cidade se mobiliza de maneira integrada, pensa o turismo estrategicamente e planeja detalhadamente a evolução do setor. Isso é visão de futuro”, avaliou Luiz Barretto.

Para o prefeito, o objetivo do pacote de propostas é “transformar Teresópolis em um pólo de turismo estruturado, o que será possível com a parceria com o governo federal e o bom momento do setor”, definiu. Dentro dos próximos dias, a gestão municipal agendará reuniões de trabalho com áreas técnicas do Ministério do Turismo para a formalização dos pleitos do município.

Na saída de Teresópolis, o ministro faz um breve passeio pelo Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso), uma das unidades de conservação ambiental contempladas pelo Programa Turismo nos Parques, parceria entre os ministérios do Turismo e do Meio Ambiente. O parque é o destaque do roteiro ecológico "Verde que te quero verde", recém lançado dentro do programa “Teresópolis é 10”, que criou 10 roteiros turísticos envolvendo os principais atrativos da cidade.

INVESTIMENTO

Em 2008, o MTur investiu R$ 487 mil no município, destinado à qualificação da infraestrutura da Feirarte, Feira de Artesanato de Teresópolis. A feirinha conta hoje com 823 expositores de produtos variados e durante as temporadas de férias, gera mais de 3 mil empregos diretos e recebe mais de 5 mil visitantes por fim de semana. Durante o carnaval e a semana santa, este número costuma dobrar. As obras de revitalização serão inauguradas no segundo semestre de 2009.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em