MTur apóia Campanha do Carnaval 2009 contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Ingênuo como uma criança. Assim é o Pierrot, tradicional personagem carnavalesco que este ano será a imagem da campanha contra a exploração sexual de crianças e adolescentes.

  
  

Ingênuo como uma criança. Assim é o Pierrot, tradicional personagem carnavalesco que este ano será a imagem da campanha contra a exploração sexual de crianças e adolescentes. Lançada na última sexta-feira (13), em Manaus, a ação atenderá as cinco regiões do país com o slogan: “Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é Crime. Denuncie! Procure o Conselho Tutelar de sua cidade ou disque 100”.

Uma novidade da campanha este ano é ressaltar que as denúncias podem ser feitas não somente pelo Disque 100, mas também por meio dos conselhos tutelares. Segundo a coordenadora geral do Programa Turismo Sustentável e Infância (TSI), Elisabeth Bahia, essa é uma diretriz do governo federal para fortalecer as instituições locais que também recebem denúncias.

“O objetivo é mobilizar os foliões e contagiá-los com a mensagem da campanha. Para, assim, incentivá-los a denunciar até a simples suspeita de violência sexual contra crianças e adolescentes. Esse é um grande passo para o enfrentamento desse mal que aflige nosso país”, declara Bahia.

Durante as folias de carnaval serão distribuídos camisetas, abanadores, banners, cartazes, adesivos, bandanas, fitas de pulso, tatuagens temporárias, além de peças em inglês e espanhol para uso da Polícia Federal junto aos turistas estrangeiros.

O Ministério do Turismo distribuirá 524 mil unidades de material de divulgação em Santos (SP), São Vicente (SP), Guarujá (SP), Palmas (TO), Porto Velho (RO), São Luiz (MA), João Pessoa (PB), Aracaju (SE), Barreirinhas (MA), Maceió (AL), Teresina (PI), Ilhéus (BA), Campo Grande (MS) e Natal (RN).

A campanha também estará presente em Manaus (AM), Belém (PA), Salvador (BA), Recife (PE), Fortaleza (CE), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Corumbá (MS) e Porto Alegre (RS), onde a distribuição de material será realizada por outros parceiros da campanha.

A ação é coordenada pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República e conta com o apoio dos ministérios do Turismo, Justiça, Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Transportes e Políticas para Mulheres; polícias Federal e Rodoviária Federal; Organização Internacional do Trabalho (OIT); Comitê Nacional; Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda); Fórum Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fórum DCA); Frente Parlamentar; Infraero; Serviço Social do Transporte (SEST); Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT); além dos parceiros locais governamentais e não governamentais, artistas e empresários do setor do turismo.

As localidades foram definidas com base no número de denúncias feitas ao Disque 100, na tradicional mobilização carnavalesca de cada uma dessas cidades e por sua abrangência dentro Agenda Social Criança e Adolescente do governo federal.

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) do Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Vitória (ES), Belém (PA) e Manaus (AM) distribuirão os informativos nos hotéis associados. Além disso, as companhias aéreas TAM e GOL divulgarão a campanha em seus vôos.

TSI – O Programa Turismo Sustentável e Infância do Ministério do Turismo (TSI) tem como objetivo a prevenção e o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo. O programa foi lançado em 2004, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

De 2006 a 2008, os investimentos no programa foram de R$ 14 milhões. Entre as ações destacam-se as campanhas de mobilização e sensibilização, o projeto de formações de multiplicadores e o projeto de Inclusão Social com Capacitação Profissional.

Entre 2007 e 2008 foram 360 jovens capacitados para o mercado de trabalho do turismo e 690 estão em processo de capacitação. Nesse período, 65 mil pessoas foram sensibilizadas e 2,8 milhões de unidades de material de divulgação do programa foram distribuídos.

Disque Denúncia Nacional (100) – O Disque 100 é um serviço de utilidade pública que recebe e encaminha denúncias de violências contra crianças e adolescentes. Desde 2003, o Disque 100 realizou mais de dois milhões e 175 mil atendimentos. Além disso, recebeu e encaminhou mais de 84 mil denúncias.

De 2007 para 2008, o aumento no número de denúncias foi acima de 30%, o que demonstra a confiança no serviço, a eficácia das campanhas e a maior conscientização da população.

As denúncias são recebidas e encaminhadas de segunda-feira a domingo, inclusive feriados, das 8h às 22h. A ligação é gratuita e o usuário não precisa se identificar.

Fonte: Mtur

  
  

Publicado por em