O Brasil na TTG Incontri 2011

Na 11° participação da Embratur no evento, o principal objetivo é acompanhar as tendências de crescimento do turismo internacional do mercado italiano

  
  

Para intensificar as ações de promoção dos destinos brasileiros na Itália, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) participa da 48ª edição da TTG Incontri 2011, que acontece de amanhã a 8 de outubro, na cidade de Rimini. A feira é dedicada exclusivamente aos profissionais do setor turístico. Durante três dias serão discutidos assuntos referentes ao desenvolvimento das agências de viagens. A Embratur estará presente com o Estande Brasil, que contará com 19 co-expositores – com a participação de oito estados brasileiros: Maranhão, Alagoas, Amazonas, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará.

Segundo Flávio Dino, presidente da Embratur, a Itália é um mercado de alta prioridade para a promoção do Brasil no exterior. “O evento é uma oportunidade de o Brasil se fazer presente mais uma vez no mercado italiano. São três dias durante os quais os profissionais incrementam seus contatos, realizam negócios, laçam novos produtos e promovem a imagem do país em um mercado importante na Europa”, afirma ele.

Esta é a 11° participação da Embratur no evento e o principal objetivo é acompanhar as tendências de crescimento do turismo internacional do mercado italiano, além de oferecer oportunidades para divulgar produtos e destinos brasileiros.

A TTG Incontri é um dos mais importantes eventos de negócios da Itália e a cada edição recebe um número maior de operadores internacionais. Em 2010, o evento contou com a participação de mais de 42.752 visitantes, mil expositores diretos e mais 2.400 empresas representadas por 100 países. Além disso, mais de 70% dos visitantes eram colaboradores de agências de viagens que divulgam o turismo nacional e internacional para os consumidores italianos. Este ano o público estimado é de 43 mil visitantes.

TURISTAS ITALIANOS – A Itália é um país considerado de alta prioridade para o Brasil, de acordo com o Plano Aquerela 2020. Segundo o Anuário Estatístico da Embratur 2011, o país é o terceiro maior emissor de turistas para o Brasil, tendo registrado em 2010 a entrada de 245.491 turistas italianos.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em