Pernambuco em cinco sentidos na 5ª MIT

O estande de Pernambuco vai permitir que os visitantes explorem, com os cinco sentidos, os pontos turísticos e pontos de cultura do Estado.

  
  

A quinta edição da Mostra Internacional de Turismo, a MIT 2010, teve início na tarde desta sexta-feira (21), no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda (PE). A Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), da Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur/PE) participa mais uma vez da feira, com uma atração especial para os visitantes: um estande interativo de Pernambuco, de 250 m², onde os frequentadores podem experimentar, com os cinco sentidos, um pouco de Pernambuco. A feira, já consolidada no calendário de eventos do Estado, acontece até o próximo domingo (23).

Para o secretário de Turismo de Pernambuco, Paulo Câmara, que participou da abertura do evento, a feira é grande importância e contribui para o desenvolvimento do Estado de Pernambuco. “Os profissionais de turismo que participarem da MIT 2010 terão boas oportunidades de fechar negócios, além de se capacitarem”, afirmou.

O estande de Pernambuco vai permitir que os visitantes explorem, com os cinco sentidos, os pontos turísticos e pontos de cultura do Estado. Cada parte do estante trará uma surpresa diferente para o visitante, como exposição de fotos, um pouco da gastronomia, artesanato e outros temas. “O evento é importante para a divulgação do Estado e de suas rotas turísticas, inclusive para o consumidor final, que passou a ser um dos focos da MIT”, apontou o presidente da Empetur, Gilberto Pimentel.

Quem visitar o estande vai poder conferir, também, o projeto Toca Pernambuco, criado para divulgar a cultura pernambucana por meio de um game musical, semelhante ao Guitar Hero. O jogador utiliza um joystick em forma de guitarra para tocar notas musicais que aparecem na tela, só que nessa versão as composições executadas são de artistas pernambucanos. A ação foi desenvolvida pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), também do Governo de Pernambuco, em parceria com a Jynx Playware, empresa de games do Porto Digital.

O evento é promovido pela Associação Brasileira das Agências de Viagens (ABAV/PE), Instituto de Desenvolvimento Sustentável (Indes) e Brasilturis Jornal. A Empetur e a Secretaria de Turismo do Estado participam de todas as edições como apoiadores do evento, que é palco de negociações entre expositores e agentes.

Na ocasião, foi assinado, também, o pacto de intenções para a realização da Equipotel Nordeste no próximo ano, em Pernambuco, maior feira hoteleira e gastronômica da América Latina.

Livros

No estande da Empetur haverá, também, o lançamento de dois livros. “Segmentação do Mercado Turístico: estudos, produtos e perspectivas” é o título do livro que será lançado nesta sexta-feira (21/05), às 18h. Tem organização de Alexandre Panosso Netto e Marília Gomes dos Reis Ansarah. Escrito por 33 bacharéis em turismo que possuíam título de doutorado até dezembro de 2007, a obra traça um vasto debate sobre a importância da segmentação na área. A professora doutora da UFPE, Glória Maria Widmer, uma das autoras do livro, acredita que novos segmentos precisam ser explorados, a exemplo do turismo náutico, de luxo e de excentricidades.

“As pessoas não viajam apenas para conhecer praias e prédios. Há turistas que querem novas experiências, de preferência inusitadas, como viajar para outro país e comer uma iguaria específica. Nisso, todo o Nordeste ainda pode desenvolver muito suas potencialidades e crescer neste ramo”, diz Glória Widmer.

No sábado (22), às 17h, será lançado o livro “Roteiros Turísticos: planejamento e operacionalização”, com organização de Eduardo Aguiar. A obra discute a importância de oferecer métodos para elaboração de roteiros turísticos. O livro apresenta a metodologia da roteirização dos destinos turísticos, conforme orienta o Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil, campanha nacional do Ministério do Turismo.

Feira

A MIT é a única feira de turismo do Norte e Nordeste, está cada vez mais voltada para o público final, e é também um espaço adequado para negócios entre expositores e participantes das rodadas de negócios – operadores, hoteleiros, agentes de viagens, destinos, companhias aéreas e prestadores de serviços.

Fonte: Governo do Estado de Pernambuco

  
  

Publicado por em