Pernambuco lançou roteiro integrado Civilização do Açúcar

Combinado com os estados de Alagoas e Paraíba, o trajeto deseja mostrar, através das histórias e estruturas dos engenhos, os atrativos que envolvem aquela que foi a primeira riqueza do país.

  
  

A Secretaria de Turismo de Pernambuco / EMPETUR lançou no dia 03, ao longo do 4º Salão do Turismo, que aconteceu até o dia 05, no Parque Anhembi, em São Paulo, o roteiro integrado ‘Civilização do Açúcar’. Combinado com os estados de Alagoas e Paraíba, o trajeto deseja mostrar, através das histórias e estruturas dos engenhos, os atrativos que envolvem aquela que foi a primeira riqueza do país.

Berço da Civilização do Açúcar, Pernambuco será representado no roteiro pelas cidades do Recife, Olinda, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Goiana, Vicência, Nazaré da Mata e Ipojuca. Com a chegada do donatário Duarte Coelho, no final do século XVI, foram sendo implantados os engenhos nas várzeas dos rios. Primeiro a do Beberibe, mais próxima à Olinda, primeira vila da Capitania, depois os engenhos foram se espraiando pelas margens do Capibaribe. As águas eram tanto importantes para mover as moendas quanto para escoar a produção de açúcar que vinham dos engenhos, em balsas, até o porto do Recife, onde embarcavam para Portugal.Partindo daí, os engenhos se espalharam por toda a costa do Nordeste. As terras do Pernambuco são testemunha e resultado deste ciclo econômico, social e, sobretudo, cultural do Brasil.

Da mistura das raças que foram sustentáculos desta sociedade nascente – ameríndios, portugueses e africanos – aflorou a multiculturalidade pernambucana. Cultura essa que se expressa através da arquitetura – civil, militar e religiosa, ricas em formas e detalhes; passa pela crença, tão forte nos três povos, e chega aos saberes e fazeres que, emanados desse cadinho de conhecimentos, transborda na paisagem cultural única do Estado.

Fonte: Secretaria de Turismo de Pernambuco

  
  

Publicado por em