Pirenópolis comemora aniversário com a inauguração de projetos turísticos e culturais

Cidade histórica de Goiás é um dos destinos priorizados em programas do Ministério do Turismo

  
  
Ministro Barretto anuncia investimentos em Pirenópolis (GO)

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, esteve anteontem (7) em Pirenópolis (GO), durante as comemorações do aniversário de 282 anos da cidade. Ele participou do lançamento do projeto Beira Rio e da inauguração de dois museus em prédios históricos que foram recentemente restaurados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O Beira Rio prevê a revitalização da orla do Rio das Almas e promete ser uma importante alavanca para o turismo no município. O Ministério do Turismo (MTur) autorizou o repasse de R$ 6,825 milhões para o projeto, que prevê a execução de obras de paisagismo, calçadas, ciclovias, equipamentos turísticos, iluminação e quiosques públicos.

Luiz Barreto parabenizou os responsáveis pela requalificação do Rio das Almas e lembrou que Pirenópolis é um dos 65 destinos indutores brasileiros priorizados em programas do MTur.

“Este é um importante passo para a diversificação turística de toda a região. A cidade foi criada a partir do Rio das Almas e agora estamos iniciando um projeto para que ele seja devolvido à população totalmente revitalizado”, afirmou Luiz Barretto. A primeira etapa do Beira Rio deve compreender 1,3 km da orla.

Espaços culturais

O ministro também participou da cerimônia de inauguração do Museu de Artes Sacras e do Museu do Divino. O primeiro funcionará na Igreja do Carmo e o segundo na antiga Casa de Câmara e Cadeia. O evento contou com a presença do prefeito de Pirenópólis, Nivaldo Melo, do presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, do presidente do Instituto Brasileiro de Museus, José do Nascimento Júnior, entre outras autoridades.

Luiz Barreto lembrou que a parceria entre o MTur e o Ministério da Cultura é fundamental para que ações como a recuperação desses museus possam sair do papel. O Museu das Artes do Divino foi incluído, em 2008, no Programa de Qualificação de Museus para o Turismo, projeto conjunto entre os dois ministérios.

“O investimento em patrimônios culturais é um dos caminhos para que tenhamos um País que dialogue com seu passado, presente e futuro. Pirenópolis está trabalhando para preservar sua história e o MTur vai continuar investindo para que a cidade seja um importante centro turístico não só para a Região Centro-Oeste, mas para todo o País”, afirmou Barretto.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em