Por cinco dias, o Brasil inteiro no Anhembi

Talentos, temperos, artes, cultura e conhecimento: 27 estados se encontram no 5º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil

  
  

Boas vindas à grande experiência turística que é viver o Brasil. Começou na manhã desta quarta-feira (26), em São Paulo (SP), o 5º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil, onde é possível conhecer destinos e atrações, planejar viagens e comprar passagens aéreas e pacotes turísticos para desfrutar o que há de melhor nos 26 estados do país e no Distrito Federal.

Para o ministro do Turismo, Luiz Barretto, a interação entre quem pensa e planeja o turismo, quem exerce a atividade na ponta e quem consome é a fórmula que fez o Salão avançar tanto em cinco anos. O evento representa a síntese das políticas formuladas pelo Ministério do Turismo, desde sua criação, em 2003, pelo presidente Lula.

“É uma pequena amostra da mobilização das regiões, estados e municípios, que participam ativamente da execução das políticas públicas e a todo momento mostram seu valor neste mercado, com o apoio irrestrito de seus parceiros da iniciativa privada e da sociedade civil organizada”, afirmou Barretto durante a solenidade de abertura do evento, realizada na manhã desta quarta-feira (26).

Para superar o caminho de desafios que se impõem ao longo da próxima década, o MTur criou e vai apresentar, durante o salão, o Documento Referencial do Turismo 2011-2014. Instrumento estratégico de planejamento e gestão, propõe a continuidade das tarefas para organização do turismo nacional na recepção à Copa e aos Jogos Olímpicos, em 2014 e 2016.

De acordo com Barretto, os sucessivos recordes alcançados pelo setor no país e a conquista de eventos decisivos para o crescimento sustentado da atividade turística fazem aumentar a responsabilidade do governo federal em iniciativas certeiras para promover o desenvolvimento do turismo. “Há um reconhecimento sobre a importância crescente da atividade turística no Brasil e sua participação cada vez mais ampla na economia. Prova disso são o aumento dos recursos destinados ao Ministério do Turismo e os programas de apoio à comercialização, que atingem resultados importantes mantendo a ocupação de milhares de trabalhadores e diminuindo a rotatividade de mão-de-obra no setor”, destacou o ministro.

Esses investimentos têm se convertido, por exemplo, no aumento da malha aérea internacional. Em 2010, o país chega a 970 voos regulares semanais. “Temos hoje 35 empresas aéreas estrangeiras voando para o Brasil, sendo que, nos últimos três anos, sete novas empresas passaram a voar regularmente para nosso país. Assim diversificamos nossos portões de entrada para qualificar o desempenho do setor”, analisou Barretto.

Melhorar a acessibilidade aérea é um dos critérios para a boa distribuição dos turistas em eventos como Copa e Olimpíadas, mas não é tudo. Para a qualificação de mão-de-obra, o Ministério do Turismo vai destinar R$ 440 milhões em cursos e treinamentos para 306 mil profissionais que atendem diretamente os turistas, até 2013. “Esse é o programa Bem Receber Copa, que tem como uma das vertentes o Olá Turista, iniciativa do MTur desenvolvida em parceria com a Fundação Roberto Marinho. As aulas de inglês e espanhol que oferecemos a 80 mil profissionais é a chance de melhorar a comunicação com o mundo, já que a hospitalidade está na raiz da cultura brasileira”, explicou.

Bons reultados do turismo

Números divulgados nesta terça-feira (25) pelo Banco Central revelam um gasto acumulado de US$ 2,1 bilhões, entre janeiro a abril deste ano, superando em 16,9% o mesmo período do ano passado.

No mercado doméstico, porém, os números são ainda mais expressivos, segundo o ministro Luiz Barretto: “em 2009, com a marca de 56 milhões de desembarques domésticos, quebramos todos os recordes. No primeiro trimestre deste ano, esse indicador já registrou aumento de 30% em relação ao mesmo período do ano passado”.

O Brasil também é destaque no ranking mundial de eventos internacionais. Atualmente ocupa a sétima posição, tendo em 2009 sediado 293 eventos, 41 a mais do que em 2008. “Desde 2003, subimos 12 posições nessa lista e mais que dobramos o número de cidades brasileiras que recebem eventos internacionais. Com esse desempenho, o segmento de turismo de eventos já responde por 30% da receita gerada pelo turismo brasileiro, ainda que nosso principal produto seja o sol e praia”, mencionou o ministro.

FEIRA DE SUCESSOS
O sucesso do país é uma das marcas do espaço Vitrine Brasil, do Mercado da Agricultura Familiar e do Núcleo de Conhecimento, ambientes com agenda lotada até domingo, no 5º Salão do Turismo. Também vale provar as delícias do Espaço Brasil Sabor, uma verdadeira viagem gastronômica pelos temperos brasileiros. Negócios, shows culturais, artesanato, moda, ícones das belezas naturais... aqui, o Brasil se encontra!

5º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil

De 26 a 30 de maio
Local: Anhembi
Endereço: Avenida Olavo Fontoura, 1209, Santana, São Paulo/SP

Visitas à feira
De quarta a sexta-feira, das 14 às 21h
Sábado, das 11h às 22h
Domingo, das 11h às 20h
Ingressos: entre R$ 5,00 e R$ 15,00

  
  

Publicado por em