Premiação do 5º Salão de Turismo será ecologicamente correta

Premiação Roteiros do Brasil 2010 terá troféus produzidos com matéria-prima reutilizada

  
  

A madeira recolhida pela prefeitura de Belo Horizonte nas podas das árvores não teria outra utilidade, senão o aterro sanitário ou virar carvão. Porém, Eduardo de Eleutério, artesão nascido em Fortaleza (CE) e morador de Belo Horizonte (MG), utiliza esse material para fazer as suas peças artísticas. Valorizando essa ideia ecológica, o Ministério do Turismo (MTur) utilizará os trabalhos do artesão para premiar os dez casos de sucesso do Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil.

Por causa da diferença de cor, textura e polimento das madeiras utilizadas por Eleutério, cada peça produzida pelo artesão é única. A madeira vem de podas de árvores urbanas que seriam descartadas e perderiam sua utilidade.

A premiação ocorrerá em uma cerimônia solene no dia 27 de maio, durante a quinta edição do Salão do Turismo. “Os Troféus Roteiros do Brasil serão entregues aos projetos que se destacaram em Planejamento e Gestão, Estratégias de Mercado e Sustentabilidade no Turismo. Os casos de sucesso vencedores também serão divulgados em releases e publicações exclusivas do 5º Salão do Turismo, no Portal Institucional do Ministério do Turismo e no site do Salão do Turismo”, diz Ana Clévia Guerreiro, coordenadora-geral de Regionalização do MTur.

Para Ana Cristina Albuquerque, coordenadora-geral de Produção Associada ao Turismo, utilizar peças artesanais em uma premiação importante como a dos Casos de Sucesso é um reconhecimento dos trabalhos dos artesãos brasileiros. “E neste caso, além de valorizar o artesanato brasileiro, estamos promovendo a produção artesanal sustentável. É fascinante ver que um material que seria descartado seja utilizado e transformado em peças únicas e de qualidade.”

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em