Rodada de negócios do 4º Salão do Turismo terá mais de 300 participantes

Grande parte dos inscritos participará pela primeira vez do evento, agendado para essa semana, em São Paulo

  
  
Rodada de negócios do 4º Salão de Turismo receberá mais de 300 empresas em São Paulo

A rodada de negócios do 4º Salão de Turismo já registrou a inscrição de 326 empresas, entre grandes compradores (46) e micro e pequenos empreendedores (280). Análise detalhada do perfil dessas empresas mostra que 40% dos compradores participarão pela primeira vez do evento, percentual que salta para 70% no caso das empresas vendedoras (agências de receptivo local e meios de hospedagem). O evento será realizado nos dias 2 e 3 de julho, em São Paulo.

A presença desses novos participantes na rodada faz parte de uma estratégia. Na avaliação da coordenadora de Turismo do Sebrae Nacional, Germana Magalhães, isso vai permitir a ampliação não só do volume de negócios mas também de parceiros comerciais.

Durante o evento, será feita uma pesquisa, desenvolvida em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), para levantar mais informações sobre os sete segmentos do turismo que participarão da rodada (sol e mar, negócios, ecoturismo, aventura, pesca, cultural e rural). A idéia é cruzar, por exemplo, os dados por região, segmento ou temporada, tipo de empresa participante, perfil dos envolvidos e ainda avaliar a expectativa de negócios para os próximos seis meses, levando em conta o movimento na alta e na baixa temporadas.

“Precisamos de informações específicas para saber se o modelo do evento que estamos promovendo tem efeitos imediatos ou se reflete nos próximos meses”, argumenta Germana Magalhães.

Definir as próximas etapas de trabalho junto às micro e pequenas empresas é outro objetivo importante desta pesquisa. A estimativa é que sejam realizados cerca de dois mil encontros e o questionário será aplicado ao final de cada um deles. Ao traçar um perfil mais exato dos participantes, detectar o interesse do mercado e o produto que foi mais procurado, a pesquisa ajuda na formulação de abordagens mais eficientes junto aos empresários.

Para a coordenadora Germana Magalhães a proposta é multiplicar os dados para traçar um cenário mais preciso para o futuro. “A rodada de negócios é o momento da verdade, porque temos a oportunidade de avaliar o trabalho já feito, consolidando os acertos e definindo novas estratégias adequadas às necessidades de cada segmento”.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias (61) 3348-7138 e 2107-9362
www.agenciasebrae.com.br
Central de Relacionamento do Sebrae - 0800-570-0800
www.salao.turismo.gov.br

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em