Santa Catarina contribui para o fortalecimento do Turismo de Base Comunitária

Experiências desenvolvidas no estado são referência para o país

  
  

20 representantes de pequenas comunidades turísticas brasileiras percorrerão, entre os dias 13 e 17 de outubro, seis municípios catarinenses. O objetivo da visita é que os participantes compartilhem experiências com agricultores e empresários da região, afim de desenvolver e fortalecer o Turismo de Base Comunitária (TBC) no país. A ação tem o apoio do Ministério do Turismo (MTur) e da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina.

O grupo faz parte da Rede de Turismo Solidário e Comunitário (Turisol), entidade que reúne cooperativas e associações regionais de turismo do país. As cidades de Rancho Queimado, Santa Rosa de Lima, Anitápolis, Imbuia, Aurora e Atalanta estão no roteiro do grupo, pois formam a associação Acolhida na Colônia, que é destino referência em Turismo Rural e está entre os 50 projetos apoiados pelo MTur no âmbito do Turismo de Base Comunitária.

Durante os três primeiros dias, os participantes conhecerão propriedades rurais e meios de hospedagem que tenham obtido resultados positivos como atrativos turísticos. No dia 16 (sexta-feira), os membros da rede e mais 230 produtores, empresários, gestores públicos e participantes de entidades de classe estarão no seminário “Agroturismo como ferramenta para o desenvolvimento de territórios rurais”.

O encontro acontece no município de Imbuia (SC) e contará com a participação de representantes do MTur, dos governos estadual e municipal. Na ocasião, os participantes assistirão a palestras de membros da Accueil Paysan, uma associação francesa de agroturismo que é referência mundial do segmento. A idéia é que os empresários e proprietários de estabelecimentos rurais possam trocar experiências e discutir formas de desenvolver o turismo rural no Brasil.

Destino Referência

Os municípios visitados também fazem parte do projeto Destino Referência em Segmentos Turísticos, do MTur e da instituição Casa Brasil de Cultura (IBCB). O projeto prevê a preparação de dez destinos turísticos brasileiros a partir dos segmentos prioritários para a promoção nacional e internacional, trabalhados pelo MTur, e dos princípios e estratégias do Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil.

Objetivos do projeto:

I. Estruturação de destinos com base na segmentação (desenvolver a gestão do turismo com foco em um segmento prioritário);
II. Proporcionar experiências aplicadas de forma que possam ser multiplicadas para outros destinos e regiões turísticas.

Segmentos e Destinos:

I. Sol e praia: Jijoca de Jericoacara (CE);
II. Aventura: Lençóis (BA);
III. Estudos e intercâmbio: São João Del Rei (MG);
IV. Negócios e eventos: Ribeirão Preto (SP):
V. Ecoturismo: Santarém e Belterra (PA);
VI. Cultural: Parati (RJ);
VII. Rural: Anitápolis, Santa Rosa de Lima, Rancho Queimado, Urubici (SC);
VIII. Pesca: Barcelos (AM);
IX. Aventura especial: Socorro (SP);
X. Cinema: Brasília (DF).

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em