São Paulo sedia o 26º Congresso Brasileiro de Empresas e Profissionais de Eventos

O Brasil ocupa a nona posição do ranking de realização de eventos internacionais, de acordo com a ICCA

  
  

A partir de domingo (7/12), empresas e representantes do setor de eventos – responsável pela atração de um quarto dos estrangeiros que visitam o Brasil, conforme dados do Ministério do Turismo – participam do 26º Congresso Brasileiro de Empresas e Profissionais de Eventos, em São Paulo.

A programação segue até hoje, segunda-feira e inclui palestras, painéis e rodada de negócios.

Já na terça-feira (9/12), serão anunciados os vencedores do Prêmio Caio, que reconhece os melhores trabalhos, espaços e destinos para eventos do Brasil.

Atualmente, o Brasil ocupa a nona posição do ranking de realização de eventos internacionais, de acordo com a Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA, na sigla em inglês).

Os principais destinos nacionais neste segmento são Rio de Janeiro, São Paulo e Foz do Iguaçu.

A fim de fortalecer a posição do país como destino de turismo de eventos, o Ministério do Turismo marcará presença com um estande próprio no congresso.

A estrutura montada pelo MTur contará com espaço para troca de experiências e reuniões de negócios entre representantes públicos e privados do segmento.

- Gastos do viajante de eventos:

Pesquisa do MTur aponta que o gasto médio diário dos turistas de negócios é de US$ 127, quase o dobro do desembolso dos turistas de lazer.

Juntos, os setores de Eventos e Turismo representam mais de 11,4 milhões de empregos.

Segundo a ICCA, os ingressos do turismo de eventos e congressos superam US$ 1 trilhão e movimentam cerca de 160 milhões de participantes.

Somente na cidade de São Paulo, são realizados 300 mil eventos por ano, entre reuniões, eventos socioculturais, convenções, congressos, exposições, feiras comerciais e eventos esportivos.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: MTur / Gustavo Henrique Braga

  
  

Publicado por em