Secretária Marcia Lins fala sobre incentivos para a região do Vale do Café / RJ

Festival da região vai acontecer de 17 a 26 de julho

  
  

A Secretária de Turismo, Esporte e Lazer, Marcia Lins, participou hoje pela manhã, dia 3, no Centro Cultural Light, no Centro, da cerimônia de abertura do Festival Vale do Café, evento que abrange diversas cidades do interior do Estado. O Festival tem como objetivo fortalecer o pólo turístico cultural daquela região, que receberá 5.6 milhões de dólares em investimentos do Programa de Desenvolvimento do Turismo.

Segundo a secretária, o evento é realizado por um grupo de pessoas que se uniram para mostrar o que é o Vale do Café. “Este Festival representa um movimento organizado para divulgação da região que reúne beleza, história e cultura de uma região, e que mostrará ao mundo a rica cultura dessa região. É o nosso Vale do Loire”, afirmou a Secretária Marcia Lins, fazendo referência ao Vale dos Reis, região do rio Loire, na França, onde legendários castelos da Renascença são visitados em meio a eventos que envolvem cultura e gastronomia.

A Secretária lembrou, ainda, que a região do Vale do Café ficou durante muitos anos sem apoio do poder público e há três anos tem recebido apoio do Governo. “Atualmente, a região que abrange as cidades de Valença, Vassouras, Barra do Piraí e Rio das Flores está contemplada nos investimentos do Prodetur (Programa de Desenvolvimento do Turismo), com um montante de 5,6 milhões de dólares”, explicou Marcia Lins.

O segmento Serviços é responsável por 70% do PIB do Rio de Janeiro. Desse volume, 38% são para o setor de turismo, o que representa 4% do PIB brasileiro. “Este é o resultado da visão do Governo do Estado, que identifica o turismo como um setor que tem de ser valorizado. Há três anos temos incentivado o crescimento dessa região. E agora, com o Prodetur, vemos que o Ministério do Turismo também está agindo em prol dessa região”, afirmou.
O convênio do Prodetur, que segundo a secretária “chega para impulsionar a região”, com o BID (Banco de Interamericano de Desenvolvimento) deverá ser assinado no segundo semestre desse ano e vai liberar 187 milhões de dólares para investimentos em todo o Estado, dos quais 5,6 milhões para a região do Vale do Café.

Principais investimentos do Prodetur no Vale do Café:

- Recuperação da Estação Ferroviária de Valença
- Recuperação da Estação Ferroviária Barão de Juparan㠖 Museu Ferroviário
- Recuperação da Estação Ferroviária de Barra do Piraí
- Recuperação da Estação Ferroviária de Santana da Barra
- Recuperação e urbanização da Catedral Nossa Senhora da Glória, em Valença
- Recuperação do Centro de Turismo e Artesanato de Conservatória
- Recuperação e ampliação do Centro Cultural Artístico Museu do Café
- Recuperação e Requalificação ambiental do Centro Histórico de Valença
- Recuperação e qualificação do entorno do Centro Histórico de Vssouras
- Recuperação do entorno da igreja da Matriz de Nossa Senhora da Conceição em Vassouras
- Recuperação e qualificação do Centro Histórico de Rio das Flores

Fonte: Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro

  
  

Publicado por em