Seminário discutirá sistema de governança para a Baía de Todos os Santos

A ideia é que todos possam participar ativamente da apresentação de proposições para a construção de uma agenda positiva

  
  

O desenvolvimento sustentável da Baía de Todos os Santos (BTS) será tema de um encontro promovido pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia, em parceria com o Rotary Club Baía de Todos os Santos e a Associação Comercial da Bahia, com o apoio da iniciativa privada e órgãos não governamentais.

O seminário “Baía de Todos os Santos: hoje e sempre” faz parte das comemorações dos 510 anos da BTS e será realizado na próxima segunda-feira (31/10), das 8h30 às 19h, no auditório da Federação das Indústrias da Bahia (FIEB).

“Nossa proposta é discutir a gestão da Baía de Todos os Santos, buscando qualidade no relacionamento, com interfaces focadas na sustentabilidade. O desenvolvimento que se dá e o uso econômico que se faz da Baía, permite este tipo de discurso. Ainda temos em vista a Política Estadual de Saneamento e Gestão de Resíduos Sólidos e os povos tradicionais, que há anos sobrevivem dos recursos naturais da BTS. Todos estes elementos estarão em discussão”, explica Eugênio Spengler, secretário do Meio Ambiente do Estado daBahia.

De acordo com Spengler, também se deve considerar o apelo e potencial turístico da Baía de Todos os Santos. “A Secretaria de Meio ambiente do Estado da Bahia já trabalha no monitoramento do ar, água e controle ambiental. Agora temos a oportunidade de discutir como conservar a Baía de Todos os Santos com qualidade, associada à dinâmica do processo de ocupação e o que se quer da Baía de Todos os Santos para o futuro, do ponto de vista econômico, social e do turismo”, completa.

“Diante da crescente demanda por infraestrutura e crescimento das cidades, a BTS precisa de um novo sistema de governança espelhado no inovador modelo da Agência da Baía de São Francisco, para que sua gestão ganhe aspectos sustentáveis”, afirma Eduardo Athayde, governador do Rotary Club Baía de Todos os Santos e diretor do WWI-Worldwatch Institute no Brasil.

O Seminário contará com a participação das Secretarias do Meio Ambiente; Indústria Comércio e Mineração e do Turismo, além de ONG’s situadas às margens da Baía de Todos os Santos. A ideia é que todos possam participar ativamente da apresentação de proposições para a construção de uma agenda positiva visando o desenvolvimento sustentável da BTS.

Participam ainda do evento o empresário Sean Randolph, presidente do Instituto de Desenvolvimento Econômico da Califórnia; e Geoffrey Gibbs, diretor da Agência de Desenvolvimento da Baía de São Francisco, que apresentarão o modelo bem sucedido de gestão da Baía de São Francisco, na Califórnia.

Durante o evento também serão discutidos aspectos de extrema importância para a construção de um sistema de governança sustentável para o arquipélago baiano, os assuntos serão distribuídos em quatro painéis temáticos com foco na gestão socioambiental, políticas públicas do estado e práticas inovadoras de tecnologias sociais, empreendedorismo econômico e organizacional para o desenvolvimento da BTS.

Representando a iniciativa privada, as empresas Petrobras, Dow e Cetrel, participarão do Seminário no painel "Práticas Inovadoras de Tecnologias Sociais, Empreendedorismo Econômico e Organizacional para o Desenvolvimento Sustentável da BTS".

Na oportunidade será apresentada a iniciativa da construção de um emissário na Baía de Todos os Santos, que transportará os efluentes da Dow, Proquigel e Petrobras até a estação de tratamento de efluentes da Cetrel, empresa especializada em gestão de resíduos.

Serviço:

Seminário Baía de Todos os Santos: Hoje e Sempre

Data: 31 de outubro de 2011

Local: Auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB)

Entrada gratuita.

Visite:www.revistaecotour.com.br

Fonte: Priscyla Costa

  
  

Publicado por em