Setur/AL se reúne com empresários para apresentar projetos

Projeto Piloto de Qualificação e Melhoria dos Equipamentos é apresentado com objetivo de mobilizar a cadeia produtiva

  
  
Secretário Virgínio Loureiro fala da importância do projeto

Dentro do foco do turismo de qualidade, a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) vem realizando, desde o ano passado, encontros com empresários ligados as setor para encaminhar o Projeto Piloto de Qualificação e Melhoria dos Equipamentos. Nesta última terça (12), os representantes do Sindicato das Locadoras de Veículos de Alagoas

(Sindloc) estiveram reunidos na Setur para debater ações nesse sentido.

Na pauta os principais assuntos foram as linhas de crédito para o setor e investimentos em qualificação de equipamentos e serviços. Estiveram presentes na reunião representantes do Banco do Nordeste, do Sebrae-AL e do Senac-AL, que são parceiros do projeto.

Segundo o superintendente de Investimentos da Setur, Marcos Vital, o objetivo principal é dar celeridade às ações de acordo com as necessidades da cadeia produtiva ligada ao turismo. “Esse projeto já foi debatido com empresários da hotelaria no litoral Norte e litoral Sul e da região do São Francisco, na primeira etapa, com o apoio do Sebrae, através dos Arranjos Produtivos Locais”, lembra Vital, acrescentando que participaram das reuniões uma média de 200 empresários de diversas áreas.

Durante o encontro desta terça, com o Sindloc, os empresários mostraram interesse nas taxas e linhas de crédito apresentadas pala Agente de Desenvolvimento do Banco do Nordeste, Maria Cristina de Melo, que explicou que o objetivo do BNB é diminuir a taxa de risco e de juros para fomentar o desenvolvimento da região.

Além disso, linhas de crédito específicas para o setor foram apresentadas e a agente do BNB se comprometeu em analisar caso a caso, a fim de acelerar o processo dos interessados.

Representantes do Sebrae-AL e o Senac também explanaram seus projetos, ligados à qualificação da gestão empresarial e da mão-de-obra. O superintendente da Setur lembrou que esses fatores devem estar ligados aos investimentos em equipamentos, para que o destino Alagoas cresça com qualidade superior.

Em Maceió também estão convidadas a participar do projeto entidades como Associação Brasileira das Agências de Viagens (ABAV-AL), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-AL), Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS-AL), Associação Brasileira dos Restaurantes e Bares (Abrasel-AL).

Fonte: Secretaria de Turismo de Alagoas

  
  

Publicado por em