Sexta-feira com palestras, música, dança e gastronomia na Feira de Turismo

A programação é toda gratuita, inclusive o estacionamento.

  
  

Sexta-feira cheia de atrações na Feira Internacional e 2º Salão de Turismo de Mato Grosso do Sul, que acontece até domingo (31) no Pavilhão Albano Franco, na Capital. A programação é toda gratuita, inclusive o estacionamento.

Desde manhã, o Núcleo de Conhecimento dá continuidade ao ciclo de palestras e oficinas a acadêmicos e profissionais do Turismo. Desde as 08h30 acontece a palestra “Travessia do Pantanal”, com Adonis Zimermman, consultor do Sebrae. Às 10h, a palestra “Lei Geral do Turismo”, com Ricardo Moesch, coordenador geral de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo.

Já no período vespertino acontecem as palestras “Neuromarketing para o Turismo”, com Alex Born, às 14h; e “Economia da Experiência”, com Wilken Souto, coordenador geral de Segmentação do Ministério do Turismo.

As inscrições para o Núcleo de Conhecimentos são gratuitas e feitas somente pela internet, pelo site www.salaodeturismoms.com.br

Educação Ambiental

Durante a tarde, estudantes de escolas estaduais e municipais visitarão a feira e conhecerão os estandes das regiões turísticas e também da Polícia Militar Ambiental (PMA) e do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), onde receberão informações relativas aos trabalhos de Educação Ambiental realizados pelos órgãos.

Artesanato

No evento há também uma diversificada mostra da produção artesanal do Estado. A FCMS pôs em exposição peças em cerâmica, osso, madeira, fibras, entre outras matérias-primas, desenvolvidas pelos artesãos se tornaram referência cultural do Estado. Os visitantes terão a oportunidade de conhecer as onças do artesão Julio César, o carro de boi de João Manoel, as cerâmicas de Rio Verde e Coxim, os artesanatos indígenas Kadiwéu e Terena, as bonecas de cabaça de Cristina Orsi, as “bugras” da artesã Indiana Marques, entre outros produtos culturais.

Integram a mostra de artesanato artesãos de Campo Grande, Dois Irmãos do Buriti, Sidrolândia, Aquidauana, Corumbá, Miranda, Bela Vista, Jardim, Nioaque, Porto Murtinho, Amambaí, Aral Moreira, Ponta Porã, Caarapó, Dourados, Rio Brilhante, Alcinópolis, Costa Rica, Coxim, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste, Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Cassilândia, Inocência, Paranaíba, Itaquiraí, Mundo Novo, Naviraí, Batayporã, Ivinhema, Nova Andradina e Bataguassu.

Agricultura Familiar

Há também exposição de produtos fabricados em agroindústrias familiares. A participação dos produtores no evento acontece por meio da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), responsável pelo Programa Estadual de Agroindústria Familiar.

No total, o evento conta com a participação de 24 produtores dos municípios de Campo Grande, Mundo Novo, Glória de Dourados, Itaporã, Dourados, Douradina, Paranaíba, Coxim, Rio Verde, Jaraguari, Camapuã, Dois Irmãos do Buriti, Nova Alvorada, Deodápolis, Anastácio, Aquidauana, Naviraí e Bonito.

Entre os produtos que serão expostos estão mel, café orgânico, geléias, arroz preto, queijos, doces, licores, farinha, rapadura, melado de cana e erva-mate. Os produtos da agricultura familiar ficarão expostos no espaço denominado “Saber Fazer”, juntamente com outros produtos regionais como artesanato e artes plásticas.

Apresentações culturais

A partir das 18 horas, haverá apresentações culturais com grupos regionais como Rangel, Gabriel e Dionatan (Região Pantanal), Oficina de Dança da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Folclore Fronteiriço (Região Caminhos da Fronteira), e Carlos Fábio e Pacito (Região Grande Dourados). Quem fecha a noite de hoje são os acordeonistas Dino Rocha, prata da casa, e o gaúcho Renato Borghetti, que farão show às 21 horas e concederão entrevista coletiva à imprensa uma hora antes.

Vale ressaltar que são apresentações culturais em pequeno formato, com uma hora de duração, em respeito à Lei do Silêncio.

Gastronomia

O festival gastronômico continua na Praça de Alimentação, onde são comercializados, a preços populares, os pratos típicos - salgados e doces - de cada região turística do Estado. O Festival Gastronômico vai demonstrar que a nossa gastronomia é um diferencial competitivo para o turismo no Estado.

Ao todo, são quinze pratos de dez regiões de Mato Grosso do Sul. Duas receitas, uma doce e outra salgada, serão escolhidas por um júri de cinco profissionais do Estado obedecendo aos critérios técnicos do concurso. Os vencedores representarão Mato Grosso do Sul no Salão Nacional de Turismo, que acontecerá no segundo semestre.

Na lista dos pratos concorrentes estão Lasanha de Pintado com Creme de Bocaiúva, Segredos do Cerrado, Carne de Sol com Pequi à Moda Dois Irmãos do Buriti, Sorvete Dois Irmãos do Buriti com Rapadura de Cumbaru, Costela de Cordeiro Recheado, Pintado à Costa Leste MS, Linguiça de Maracaju com Arroz de Guariroba, Bacalhau Pantaneiro, Sonhos Pantaneiros, Paçoca de Carne, Pudim de Soja, Tilapia à Cocais, Doce D´Leite Campestre, Arroz do Vale do Aporé e Doce Sorriso de Mandioca. As receitas completas já estão disponíveis em www.salaodeturismoms.ms.gov.br. A organização do concurso é feita pelo Senac/MS.

Salão

As 10 regiões turísticas do Estado - Caminho dos Ipês; Bonito - Serra da Bodoquena; Caminhos da Fronteira; Cone Sul; Grande Dourados; Vale das Águas; Costa Leste; Rota Norte; Pantanal; e Vale do Aporé – estarão representadas em amplos estandes, decorados especialmente com imagens, sons e cores, onde será distribuído material de divulgação de cada região. Os estandes terão atrações especiais para o público, com uma cenografia muito bem elaborada, que irá surpreender os visitantes.

Os países da América do Sul e os Estados que compõem a CTI SUL – Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul - e o Brasil Central – Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal - também terão espaço garantido para difundir seus destinos turísticos mais relevantes.

Feira

Os negócios são outra atração do evento, tanto para o trade turístico, quanto para o consumidor final, já que no Balcão de Comercialização, as agências de viagens filiadas à Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV), em parceria com o Grupo de Operadoras de Turismo de MS (GOPAN), estão disponibilizando aos visitantes pacotes de viagens para destinos turísticos de Mato Grosso do Sul com preços bastante atrativos, diretamente ao consumidor.

Pacotes de viagens

Paralelamente, há a comercialização dos roteiros de MS com tarifas promocionais para sul-mato-grossenses. Vale a pena conferir!

Novo roteiro - Às 19 horas, a diretora-presidente da Fundtur lança um novo roteiro turístico integrado entre Mato Grosso do Sul e Peru.

Fonte: Secretaria de Turismo de Mato Grosso do Sul

  
  

Publicado por em