Turismo continuará crescendo em 2009

A demonstração de confiança aconteceu logo após o lançamento do crediário Caixa Fácil para o Turismo

  
  

“O governo está empenhado em preservar o plano de investimentos para o setor, priorizando as ações que estruturem o turismo para o futuro”. Esta foi a afirmação do ministro do Turismo, Luiz Barretto, durante a 24ª Reunião do Conselho Nacional de Turismo (CNT), realizada na tarde dessa segunda-feira (6/04) em Brasília.

A demonstração de confiança aconteceu logo após o lançamento do crediário Caixa Fácil para o Turismo, iniciativa da Caixa Econômica Federal (CEF) em parceria com o Ministério do Turismo. A linha de crédito bancário será destinada ao financiamento de pacotes de viagens e outros produtos oferecidos por operadoras e agências do setor.

Para Barretto, o lançamento do Caixa Fácil sugere que “nada poderá paralisar o setor”. A estratégia é ampliar a oferta de crédito para estimular a demanda no mercado consumidor. Pacotes de viagem no valor máximo de R$ 10 mil poderão ser financiados em até 24 meses.

O acesso ao crédito poderá ser pleiteado por pessoas físicas e aprovado no ato da compra do produto turístico. O pedido será cadastrado em um sistema online, em operação 24 horas por dia, nos 7 dias da semana, o que garante maior agilidade na disponibilização do dinheiro. Pela desburocratização do procedimento, a CEF exigirá apenas a apresentação de documentos de identificação, comprovante de renda e de residência.

Segundo o vice-presidente da CEF, Fábio Lenza, os estabelecimentos autorizados a conceder o benefício serão previamente credenciados e treinados pela instituição bancária.

Durante a abertura da reunião do CNT, o secretário nacional de Políticas do Turismo, Airton Pereira, afirmou que a gestão descentralizada e participativa é importante aliada na definição das prioridades do setor. “Ao dialogar, congregamos esforços e somamos ações empreendidas tanto pelo governo quanto pela iniciativa privada. Assim, buscamos um objetivo maior, que é atravessar as adversidades desse momento. A atuação conjunta tem mais força quando perseguimos uma mudança”, definiu Pereira.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em