Turismo de Saúde é tema de encontro em Araxá

Questão ética e venda de pacotes hospitalares estão entre os temas que serão debatidos por especialistas do setor A Federação de Convention & Visitors Bureaux de Minas Gerais, com o apoio do Ministé

  
  

Questão ética e venda de pacotes hospitalares estão entre os temas
que serão debatidos por especialistas do setor

A Federação de Convention & Visitors Bureaux de Minas Gerais, com o apoio do Ministério do Turismo e da Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux (CBC&VB), promovem, entre os dias 12 e 14 de abril, em Araxá (MG), o Encontro Brasileiro de Turismo de Saúde. Um dos objetivos do encontro, segundo a consultora do Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico Susi Martinelli, é recolher subsídios para a formulação de uma política nacional para o setor.

Ela observa que o tema é novo e polêmico. Um dos pontos mais debatidos envolve a qualificação da pessoa que viaja para se tratar em outro país: “Ela deve ser vista como paciente ou como turista"”, indaga. Outra polêmica, envolvendo a questão ética, é sobre o papel das agências de turismo na venda de pacotes de saúde.

Esses e outros temas estarão na pauta de discussões do encontro, o primeiro do gênero a se realizar no país. Susi Martinelli explica que, hoje, se vê o turismo de saúde em duas vertentes: a do bem-estar e a medicinal. A primeira, de caráter preventivo, inclui spas e termas, enquanto o segundo grupo abrange hospitais e clínicas estéticas. “Existe uma interface entre as duas, já que o turista que se interna num hospital pode tirar proveito de um spa na fase final do tratamento”, diz.

O tema aparece no Plano Nacional de Turismo, lançado pelo presidente Lula em 2003, dentro das políticas de segmentação do setor. -O objetivo final é fomentar a comercialização de forma ordenada-, diz a especialista. O encontro se destina a profissionais das áreas de saúde, educação física e turismo, do setor de hotelaria, estudantes, professores e pesquisadores, prestadores de serviço e comerciantes de estações de águas termais, hidrominerais, clínicas e spas.

-Turismo de Saúde – Possibilidades e Limitações-; -Saúde além da Cura e como Qualidade de Vida-; -Turismo de Saúde e Hotelaria – Novos Enfoques- e -A Área de Saúde e os Eventos: O Incremento ao Segmento no Brasil- são alguns dos temas das palestras programadas para o evento.

Fonte: Ministério do Turismo

  
  

Publicado por em