Turismo Étnico será um dos destaques do Salão Baiano de Turismo, com o Circuito Internacional do Afronegócio

O segmento do Turismo Étnico marca presença no I Salão Baiano de Turismo com o Circuito Internacional do Afronegócio (Cian), de 17 a 19 de maio, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador

  
  

O segmento do Turismo Étnico marca presença no I Salão Baiano de Turismo com o Circuito Internacional do Afronegócio (Cian), de 17 a 19 de maio, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador. A aposta é projetar a Bahia no Brasil e no exterior como referência no afronegócio.

No estande desse segmento, alguns dos principais roteiros étnicos da Bahia estarão em destaque, a exemplo da Rota da Liberdade, que é realizada há três anos pelas comunidades quilombolas do município de Cachoeira.

A fim de promover a estética afra no Estado, o espaço dedicado ao turismo étnico também contará com a presença de trançadeiras que vão mostrar ao público um pouco do seu trabalho. As representantes do concurso Miss Brasil Afro 2012 também estarão presentes ao evento.

De acordo com o presidente do Cian, Francisco Henrique Silvino, representantes da embaixada de Angola já confirmaram presença ao evento, assim como os organizadores da Feira Internacional Cosmética Afra. A instituição ainda aguarda a confirmação da embaixada do Senegal.

O estande divulgará, também, a Revista Angola-Brasil, que trará jornalistas para cobrir os trabalhos do I Salão Baiano de Turismo. Ainda segundo Silvino, o Circuito Internacional do Afronegócio pretende aproveitar a oportunidade para estabelecer parcerias com os países africanos e com os Estados Unidos – principal emissor de turistas com interesse no segmento étnico-afro.

Rota da Liberdade - O projeto é formado por 19 guias que fazem parte das próprias comunidades e são capacitados em história e geografia regionais, primeiros-socorros e condução de trilhas. O roteiro envolve seis comunidades do município: Kaonge, São Francisco do Paraguaçu, Dendê, Engenho da Ponte, Engenho da Praia e Camboa. Seus principais roteiros são Dia a dia, Histórico, e Trilha Griô-Caravanas dos Orixás.

Durante os passeios, os visitantes conhecem a produção de farinha, azeite de dendê e xaropes e têm contato com rezadeiras e griôs do terreiro local. O roteiro conta ainda com visitas às igrejas das comunidades e também com apresentações culturais.

Fonte: Governo da Bahia

  
  

Publicado por em