Turismo: governo de Estado encaminha ações junto a representantes do litoral Norte

Diversos assuntos foram debatidos durante reunião realizada pela Setur com representantes do “trade turístico” do litoral Norte e secretarias de Estado

  
  

O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Turismo, realizou nesta segunda, 23, um dia de reuniões com algumas secretarias, para os encaminhamentos de ações prioritárias para a região. As pautas foram segurança, saneamento, meio ambiente, saúde, infraestrutura e comunicação.

O governador Teotonio Vilela Filho fez a abertura da reunião, lembrando que o turismo é uma das prioridades de sua gestão, e que toda sua equipe está à disposição para se reunir e discutir soluções para as demandas do ‘trade’ turístico. “Temos a convicção de que vamos superar os obstáculos, com o trabalho em conjunto do governo do Estado, prefeituras e classe empresarial”, afirmou o governador.

A primeira pauta do encontro foi a segurança, e teve a participação do secretário de Defesa Social Paulo Rubim, que garantiu aos empresários do litoral Norte a atenção especial à região, com a possibilidade da implantação de um posto policial em Maragogi e a parceria com o governo de Pernambuco para a fiscalização da divisa entre os dois estados. O secretário também lembrou que haverá uma licitação para a compra de novas viaturas, que leva um período de 3 a 4 meses.

Já na área de meio ambiente, que foi a segunda pauta da reunião, a secretária do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ana Catarina Pires, reforçou o trabalho em conjunto com o IMA – Instituto do Meio Ambiente – e a Secretaria de Infraestrutura, que executa as obras de saneamento em todo o Estado.

Ana Catarina lembrou que, além do saneamento básico, é necessário que haja um trabalho de conscientização junto à comunidade para evitar maiores índices de poluição nos mananciais da região. A secretária também aproveitou a ocasião para avisar que, na próxima sexta-feira, dia 27, haverá uma sessão pública na Assembleia Legislativa para discutir a política estadual de saneamento.

O secretário adjunto da Infraestrutura, Fernando Nunes, também informou que o Governo de Alagoas, através da Secretaria de Infraestrutura, busca recursos junto à Fundação Nacional da Saúde (Funasa) para o esgotamento sanitário do litoral norte. O saneamento é uma das principais demandas do segmento hoteleiro da região.

Segundo Nunes, a idéia é fazer o saneamento dos municípios da Barra de Santo Antônio até Japaratinga. “No momento, esperamos uma resposta da Funasa para, inicialmente, assinarmos um convênio para a elaboração dos projetos executivos”, avisa o secretário. A Funasa é responsável pelo saneamento básico de todos os municípios brasileiros com população inferior a 50 mil habitantes.

Nesse caso, de acordo com o presidente da Casal, Jessé Mota, o repasse dos recursos é feito diretamente às prefeituras e não às companhias de abastecimento, como a Casal. “As prefeituras precisam definir quais são as suas prioridades em relação ao saneamento para viabilizar o investimento”, explicou Mota.

Em relação à fiscalização das Galés de Maragogi, passeio feito às piscinas naturais, ficou entendido que a atividade precisa de um controle mais rigoroso, conforme afirmou o diretor do IMA, Adriano Augusto. No próximo dia 25, quarta, haverá uma audiência em Maragogi sobre o assunto. A intenção é intensificar as ações na área para a preservação do ecossistema e a diminuição da exploração predatória.

Saúde, rodovias e comunicação

Os assuntos discutidos na parte da tarde da reunião foram saúde, rodovias e comunicação. A primeira pauta teve a participação do secretário de Saúde, Hebert Mota, que se colocou à disposição para as solicitações de viabilizar posto de saúde em Maragogi para pronto atendimento do turista, principalmente nas épocas de alta temporada. Segundo Hebert, essa seria uma maneira de dar maior segurança ao turista, já que Maragogi é o segundo pólo turístico do Estado e necessita de maior estrutura de atendimento.

Governo vai recuperar malha rodoviária do litoral norte até 2010

Voltando à área de infraestrutura, uma das solicitações dos representantes do litoral Norte, foi a melhoria das rodovias de acesso à região. O diretor do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Ronaldo Lopes, e o secretário adjunto da Infraestrutura, Fernando Nunes, explanaram os projetos que estão sendo desenvolvidos.

O Governo de Alagoas vai recuperar a malha rodoviária do litoral norte até 2010. Foi o que garantiram o secretário adjunto de Infraestrutura, Fernando Nunes e o Diretor Presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Ronaldo Lopes.

Dentre as principais obras previstas para o litoral norte, estão a implantação da Alça da Flamenguinha, estrada ligando o povoado da Cachoeira do Meirim a São Luiz do Quitunde; recapeamento do trecho de Matriz do Camaragibe a Porto Calvo e o início da duplicação da AL 101 Norte de Maceió até a Barra de Santo Antônio.

A obra da Alça da Flamenguinha deve ser a primeira a ser executada e vai diminuir a distância entre o Aeroporto Zumbi dos Palmares e o litoral norte. O processo licitatório já foi concluído e, segundo estimativa do secretário Fernando Nunes, dentro de 40 dias haverá a assinatura de contrato para a obra. “O Ministério do Turismo garantiu recursos para a execução de toda a obra até 2010 e já temos R$ 18 milhões assegurados”, disse Nunes. O custo total da obra é de R$ 32 milhões.

Nunes ainda informou que o Governo também vai iniciar a duplicação da Al 101 Norte de Maceió até a Barra de Santo Antônio com recursos oriundos da renegociação da dívida do Estado. “Teremos muitas novidades até o segundo semestre”, avisa Nunes.

De acordo com o Diretor Presidente do DER, Ronaldo Lopes, o órgão já possui um projeto básico para a duplicação da Al 101 Norte e, em breve, começará o levantamento para o projeto executivo da obra. Lopes adiantou que o DER também planeja executar o recapeamento da AL 101 Norte.

“Já licitamos o trecho de entre Matriz do Camaragibe a Porto Calvo, que ó mais comprometido, e estamos elaborando projeto para a restauração dos trechos de Porto Calvo a Maragogi e de Matriz do Camaragibe a Barra de Santo Antônio. Dessa forma, restauramos toda a AL 101 Norte, dando a infraestrutura necessária para o setor turístico da região”, conta Lopes.

Parceria do Governo do Estado e empresários

O presidente da Associação dos Hotéis e Pousadas do Litoral Norte (Ahmaja), Luis Claudio, solicitou ao governo do Estado o apoio na melhoria da comunicação na região. O secretário de Comunicação Wilmar Bandeira se propôs a realizar a interlocução com o Instituto Tecnológico (Itec), a fim de avaliar a rede de acesso à Internet no litoral Norte.

Além disso, o secretário lembrou do trabalho que vem sendo realizado junto à Setur para a divulgação do destino no mercado nacional, em veículos de comunicação importantes, como o Guia Quatro Rodas, que teve uma edição especial de Alagoas.

Para concluir a reunião, o secretário estadual de Turismo, Virginio Loureiro, lembrou que toda a equipe do governo tem se empenhado nas causas do turismo e que o trabalho em conjunto com as prefeituras e empresários é fundamental para a superação das dificuldades.

Assim, como Loureiro, o presidente da Ahmaja, Luis Claudio, afirmou a certeza do desenvolvimento do turismo através de ações conjuntas e agradeceu o empenho do governo do Estado em atender as demandas do litoral Norte.

Fonte: Secretaria de Turismo de Alagoas

  
  

Publicado por em