Turismo interno cresce com crise internacional e gripe A

Salão do Turismo é aberto em São Paulo com preocupação com a Copa do Mundo de 2014

  
  
Ministro do Turismo, Luiz Barreto, discursou na abertura do 4º Salão do Turismo, nesta última quarta (1º), em São Paulo

A crise internacional e mais recentemente a gripe A, principalmente nos países vizinhos, têm feito com que o brasileiro cada vez mais procure o turismo interno. Hoje, a atividade doméstica responde por 85% da movimentação turística no País, contra 15% de estrangeiros.

O Ministério do Turismo acredita também que com um mercado de 100 milhões de potenciais turistas o Brasil deve apostar na regionalização. Esse é o foco este ano da 4ª edição do Salão do Turismo, aberto nesta quarta-feira (1º), no Anhembi, em São Paulo.

Durante a abertura do evento, o ministro do Turismo, Luiz Barreto, disse acreditar que o setor em 2009 deve manter os níveis de crescimento de 2008. “Tivemos um ótimo verão e agora estamos trabalhando as serras brasileiras”, disse.

Para o diretor do Sebrae Nacional Luiz Carlos Barboza, essa procura pelo mercado doméstico tem evidenciado o trabalho que o Sebrae realiza no segmento do turismo em todas as regiões do País.

“Nos trabalhamos com a capacitação e o fomentos de novos empreendimentos turísticos. Hoje temos mais de 180 roteiros turísticos sendo trabalhados no País”, disse Barboza. O Sistema Sebrae investirá nos próximos três anos R$ 250 milhões no apoio às micro e pequenas empresas do segmento de turismo.

Copa do Mundo

O ministério está fazendo um diagnóstico dos 65 destinos indutores com vistas à Copa do Mundo de 2014, que será no Brasil. “Estamos trabalhando não apenas com as 12 cidades-sede, mas também com todos os destinos indutores para apresentarmos um produto de excelência na Copa do Mundo, disse o ministro.

Segundo Luiz Carlos Barboza, estudo da Fundação Getúlio Vargas, que também tem o patrocínio do Sebrae, mostra que em alguns destinos o que se percebe é que os pontos mais críticos não estavam sendo trabalhados.

O tema da Copa do Mundo também esteve presente na fala das principais autoridades presentes à abertura. Segundo a presidente do Fórum de Secretários e Dirigentes de Turismo, Nilde Brum, o Brasil precisa se preocupar com a Copa e, principalmente, em dar um encaminhamento para a estrutura que ficará montada para o mundial da Fifa.

Para o ministro dos Esportes, Orlando Silva, 2014 será a maior plataforma de promoção do Brasil. “O mundo conhecerá a face mais contemporânea do nosso País”.

Em todas as cidades onde vai acontecer a Copa, o Sebrae possui projetos voltados para o desenvolvimento dos pequenos negócios visando a Copa do Mundo. “Agora estamos estudando o que é possível fazer de forma complementar. Queremos gerar um modelo de projeto para apoiar as cidades e estamos fazendo isso através de um programa piloto em Manaus. O projeto será desenhado para Manaus que servirá para todas as cidades”, diz o diretor Técnico do Sebrae Nacional.

Estavam presentes também à abertura os governadores de Alagoas, Teotônio Vilella Filho, e do Rio Grande do Norte, Wilma Farias, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, além de representantes do governo do Rio de Janeiro e do Distrito Federal.

O Salão

O Salão, que prossegue até o domingo (5), deve reunir cerca de 400 expositores e tem a expectativa de atrair cerca de 100 mil visitantes. Na última edição, realizada ano passado, o evento reuniu 87,3 mil pessoas.

Dividido em módulos de atividades, alguns espaços são dedicados para quem deseja comprar pacotes, planejar e negociar sua viagem. Na Feira de Roteiros, por exemplo, o visitante pode adquirir produtos e serviços como meios de hospedagem, locadora de automóveis, transportadoras, parques temáticos e passagens aéreas. Debates, mini-cursos e palestras focados no tema 'Cinco anos do Programa de Regionalização do Turismo - Roteiros do Brasil' também vão acontecer durante o Salão.

Um dos pontos altos do Salão será a Rodada de Negócios promovida pelo Sebrae, nos dias 2 e 3 de julho. Mais de 300 empresas já se cadastraram.

Serviço:
4º Salão do Turismo - Roteiros do Brasil
Pavilhão de Exposições do Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1.209, São Paulo, SP)
Dias 1º a 5 de junho
Ingressos - R$ 10 na bilheteria
Entrada gratuita para quem se cadastrou no site
Mais informações - www.salao.turismo.gov.br
Agência Sebrae de Notícias – (61) 3348-7138 e 2107-9362

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em