Uma Oktoberfest ecologicamente correta

Da reciclagem do lixo aos uniformes dos atendentes e nas Oktoberplatz, a Oktoberfest mostra que sustentabilidade também faz parte da festa

  
  

Além de música, cultura, gastronomia e chope, a Oktoberfest de Blumenau (SC) também tem espaço para sustentabilidade. Tema muito atual e presente em diversos setores da sociedade, não poderia ficar de fora da festa.

Segunda maior festa de cerveja do mundo, a Oktoberfest tem um público médio de 700 mil pessoas a cada edição, todas consumindo e produzindo lixo . Neste ano, somente nos seis primeiros dias da festa foram produzidos 5,8 mil quilos de resíduos.

A coleta é feita diariamente pela equipe de limpeza do Parque Vila Germânica. Depois de enviado para a reciclagem, o lixo passa por uma triagem para separar o que é reciclável dos resíduos orgânicos. Aproximadamente 60% é reaproveitável.

O material reciclado se transforma, e passa de lixo a produto novamente. Garrafas pets podem se tornar uma camiseta, por exemplo. É o caso dos uniformes dos atendentes das Oktoberplatz - espaços de informação e relacionamento da Oktoberfest, situados em quatro pontos de Blumenau. O fio das camisetas brancas utilizadas pelos funcionários é proveniente de garrafas pets de refrigerantes - a chamada malha ecológica.

Para a Oktoberfest, foram produzidas 80 peças da malha. O fio é comprado pronto de uma empresa do Paraná e as camisetas são confeccionadas em Blumenau. Segundo a empresária Jamille Regina Bertoldi, da Texmodel, responsável pela confecção das roupas, foram utilizadas cerca de 208 garrafas pets.

E, para completar o ciclo, os atendentes com uniformes de malha ecológica trabalham nas Oktoberplatz, feitas com madeiras de reflorestamento tratadas, cujas bancadas de atendimento utilizaram madeiras recicladas.

Fonte : Tatiana Lemos / Foto: Franco Rodrigues

  
  

Publicado por em

Marisa Hillebrand Gado

Marisa Hillebrand Gado

22/10/2008 21:28:14
PARABÉNS à cidade de BLUMENAU pela preocupação com o meio ambiente. Provou-se que é possível conciliar as duas coisas, basta ter vontade e organização para fazer acontecer!!! TOMARA QUE OUTRAS CIDADES SIGAM O EXEMPLO DE BLUMENAU.