Bem receber e bem atender

Programa Copa na Mesa é lançado em Brasília

  
  
Copa na Mesa, do Bem Receber Copa, é lançado em Brasília (DF). O objetivo principal da iniciativa é capacitar bares e restaurantes como pontos de informação turística

Com o intuito de qualificar o atendimento aos turistas em bares e restaurantes da capital federal, foi lançado hoje (13), em Brasília (DF), o programa Bem Receber Copa – Setor de Alimentação Fora do Lar. O programa foi apresentado aos representantes do grupo gestor de turismo de Brasília, que é a oitava cidade a receber o programa.

O Bem Receber Copa é um programa de qualificação profissional do Ministério do Turismo (MTur), em parceria com entidades do setor. O programa se divide em cinco vertentes, sendo uma delas o Copa na Mesa, em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

“Além de servir os bares e restaurantes com a qualificação para um atendimento adequado, o Copa na Mesa irá servir os turistas e a cadeia produtiva de turismo com oportunidades de negócios”, disse Luciano Paixão, coordenador-geral de Qualificação e Certificação do MTur.

O programa qualificará 15 mil profissionais do setor de alimentação fora do lar nas cidades-sede do mundial de 2014. O Copa na Mesa utilizará a estrutura de bares e restaurantes para atender os visitantes com uma culinária de boa qualidade, e ao mesmo tempo ter capacidade de oferecer informações turísticas.

“Bares e restaurantes são pontos estratégicos, pois o turista necessariamente vai se alimentar durante a viagem. Por isso, esses locais devem estar preparados para, além de oferecer uma boa refeição e atendimento, poderem informar os turistas sobre pontos turísticos, dicas sobre onde irem, hospitais, postos policiais, entre outros”, disse Paulo Solmucci, presidente da Abrasel Nacional.

Para preparar estes empreendimentos, o Copa na Mesa vai dividir o setor em três grupos:

• MIT (Multiplicador de Informações Turísticas) – Empresas qualificadas para prestar informações aos turistas, além do bom atendimento.

• TIP (Ponto de Informação ao Turista – Tourist Information Point) - Empresas qualificadas como MIT, que comprometerem-se e preencherem requisitos específicos, serão preparadas para ocupar uma posição de destaque como extensão dos pontos oficias de apoio ao turista.

• PIC (Profissional Individual Cadastrado) – Empreendedores individuais, como ambulantes, que atuam no segmento de alimentação fora do lar, terão acesso às qualificações com o objetivo de aprimorar sua capacidade de atender o turista.

A ideia é disponibilizar informação de qualidade, segurança alimentar e atendimento de alto padrão para os 600 mil turistas estrangeiros esperados para a Copa e os brasileiros que circularão pelo país durante os jogos.

Os cursos abordarão competências específicas relativas às funções de gestor, gerente, maitre, recepcionista, garçom, cumim, copeiro, cozinheiro e auxiliar de cozinha. As empresas que desejarem participar não precisar estar associadas à Abrasel. O grupo gestor de turismo do DF, composto por 16 entidades, definirá as principais regiões que os cursos devem atender. Depois disso, os empresários das regiões escolhidas farão as inscrições. A previsão é que os cursos sejam iniciados em setembro deste ano.

Além da capital federal, o programa já chegou às seguintes cidades-sede da Copa do Mundo: Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Cuiabá. As próximas cidades que receberão o programa são Manaus, Natal, Rio de Janeiro e São Paulo.

Bem Receber Copa

O Bem Receber Copa qualificará 306 mil profissionais do setor turístico tendo em vista a Copa do Mundo de 2014. O programa atuará, em parceria com entidades do setor, na qualificação de profissionais de áreas específicas como hospedagem, agentes de viagem e receptivo, locadoras de veículos, companhias aéreas e o setor de alimentação fora do lar.

Para mais informações acesse www.bemrecebercopa.com.br.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em