Caminhos do Sabor chega a 41 destinos turísticos brasileiros

A meta é contemplar 55 destinos e qualificar 11 mil profissionais de micro e pequenas empresas do setor de alimentação fora do lar até 2011

  
  
Sarapatel é um prato típico nordestino

Para aumentar a competitividade dos destinos turísticos brasileiros, o projeto Caminhos do Sabor – a união faz o destino¸ parceria entre o Ministério do Turismo (MTur) e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), aposta no aprimoramento da gestão empresarial e na qualificação dos profissionais do setor de alimentação fora do lar. Hoje, oito destinos já foram qualificados e outros 33, de 23 estados e do Distrito Federal, estão em processo de qualificação. A meta é contemplar 55 destinos e qualificar 11 mil pessoas até 2011.

Para o empresário José Lyra, 50 anos, proprietário do restaurante Canoa dos Camarões desde 2004, na Praia de Manaíra, em João Pessoa (PB), o projeto é uma grande oportunidade de se preparar para um mercado que vem crescendo e para atender a um consumidor cada vez mais exigente. “O Caminhos do Sabor abriu minha visão para certos detalhes que eu não observava e são importantes para o consumidor. Entre eles, a padronização do atendimento, a manipulação e congelamento dos alimentos e o levantamento de dados administrativos que permitam uma tomada de decisão mais rápida.”

João Pessoa está entre os oito destinos onde o projeto já foi finalizado como Gramado (RS), Bonito (MS), Recife (PE), Brasília (DF), Petrópolis (RJ), Foz do Iguaçu (PR) e Tiradentes (MG). Ao todo, foram mais de 1,5 mil pessoas qualificadas em cerca de 320 empresas participantes.

Lyra conta que cinco pessoas de seu empreendimento, entre garçons, auxiliares de cozinha e pessoas ligadas à área administrativa, participaram dos cursos de gestão administrativa, atendimento e segurança e manipulação de alimentos. “Os cursos foram muito produtivos, pois os instrutores eram pessoas do próprio segmento com conhecimento na área. Assim, as dúvidas foram tiradas na hora, já com indicação da conduta a ser tomada em cada situação”, afirma.

O projeto Caminhos do Sabor é desenvolvido em cinco etapas: envolvimento das lideranças locais, pesquisa de oferta e demanda, plano de ação do destino, lançamento oficial e desenvolvimento empresarial. A última etapa envolve os cursos de qualificação em segurança dos alimentos, atendimento e gestão. E, ainda, aulas em vídeo sobre educação continuada em gestão, inglês e espanhol, bem como tradução de cardápios para o inglês, espanhol, italiano, francês ou alemão e ações de marketing e divulgação.

Segundo a diretora do Departamento de Qualificação e Certificação e de Produção Associada ao Turismo do MTur, Regina Cavalcante, além da qualificação empresarial, o projeto trabalha o envolvimento do setor público, dos empresários e da sociedade civil para formação de um grupo de governança que melhore a competitividade dos destinos e valorize a comida do lugar.

Paulo Souza, 46 anos, sócio proprietário da Churrascaria do Gaúcho, em Foz do Iguaçu (RS), conta que o projeto contribuiu para uma melhor gestão da empresa com aperfeiçoamento da qualidade dos produtos oferecidos e aprimoramento do atendimento. “O projeto nos trouxe mais informações que visam sempre o bem estar de quem chega a nossa casa e sai satisfeito. O cliente satisfeito é cliente fiel. É um ganho muito grande para a empresa”, destaca.

Os micros e pequenos empresários do segmento de alimentação fora do lar — bares, restaurantes, lanchonetes e similares —, legalmente formalizados, interessados em participar do projeto devem procurar a Abrasel seccional municipal ou regional para obter mais informações, objetivos e cursos disponíveis.

21º Congresso Nacional da Abrasel

Com o tema Caminhos do Sabor – Seis Milhões em Ação, o congresso reunirá mais de mil congressistas, entre os dias 19 e 22 de agosto, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília (DF), para debater os rumos do setor que, segundo a Abrasel, representa um universo de 2,3 milhões de sua totalidade de micros e pequenos empresários, que junto somam 2,4% do PIB nacional.

A abertura do evento nesta quarta-feira (19/08), às 20h, contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva; do ministro do Turismo, Luiz Barretto; entre outras autoridades.

Durante o congresso, serão debatidos assuntos como aperfeiçoamento profissional, desafios de uma legislação complexa e gestão de negócios. Também serão realizados workshops, fóruns e palestras dentro de uma programação técnica voltada para o aprimoramento do setor nacionalmente.

Segundo a Abrasel, a expectativa é que 15 mil pessoas visitem o evento.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em