Cunha/SP lança Festival Gastronômico Cordeiro Serrano

Restaurantes, pousadas e hotéis da cidade na Serra do Mar servirão, durante o mês de agosto, sempre nos finais de semana, iguarias com a carne de cordeiro

  
  

Divulgar a carne de cordeiro produzida no Vale do Paraíba, no Estado de São Paulo, é um dos objetivos do 2º Festival Gastronômico do Cordeiro Serrano, lançado no último sábado (1°), no Espaço Café Capril, em Cunha, na Serra do Mar.

Nesta edição, o festival, realizado pela Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos do Vale (Acocvap) em parceria com o Escritório Regional do Sebrae/SP de Guaratinguetá e prefeitura de Cunha, conta com a participação de 11 restaurantes e três pousadas e hotéis, que servirão, durante o mês de agosto, sempre nos finais de semana, iguarias com a carne de cordeiro.

O evento de lançamento contou com as presenças do prefeito de Cunha, Osmar Felipe Junior, do superintendente do Sebrae/SP, Ricardo Tortorella, do gerente do escritório regional do Sebrae/SP de Guaratinguetá, Augusto Reis Ferreira, do presidente da ACOCVAP, Gustavo Vinhas, além de donos de restaurantes e criadores de caprinos e ovinos da região.

Conforme Ricardo Tortorella, é muito importante para a região realizar esse tipo de evento que gera o turismo aliado à produção, gastronomia, serviços e cultura, além da beleza natural já própria do local. “Cunha já tem atrativos naturais, mas é importante lembrar que é importante amarrar atrativos da cidade com outros da região, para atrair mais turistas e aumentar a sua permanência no local”.

Tortorella disse ainda que o Sebrae/SP deve ser utilizado como uma agência de desenvolvimento local: “A Instituição está de braços abertos para formalizar parcerias que geram turismo e que envolve também o desenvolvimento da infraestrutura da região, além de melhorar a realidade local”.

O prefeito de Cunha, Osmar Felipe Junior, afirmou que o festival do cordeiro incrementa outras áreas da cidade, como a produção rural, que também gera emprego e renda. “O empenho do Sebrae/SP no desenvolvimento da produção do cordeiro na região contribui para o aumento de outras áreas de serviços no município e gera mais empregos locais”.

Ações estratégicas

O gerente regional do Sebrae/SP de Guaratinguetá, Augusto Reis Ferreira, explicou que o festival faz parte das ações estratégicas no âmbito do Sistema Agroindustrial Integrado (SAI), programa do Sebrae/SP que atende produtores rurais. “O nosso objetivo é tornar o produto mais conhecido, unir os criadores para que eles possam produzir mais, além de oferecer uma opção de permanência do turista na região durante o mês de agosto”.

Segundo a gestora de agronegócios do escritório regional do Sebrae/SP de Guaratinguetá, Ana Cristina Lobo de Figueiro, há três anos, o programa atende 22 produtores de cordeiro da região, com apoio técnico e ações em quatro vertentes: acesso a tecnologia, gestão empresarial, acesso ao mercado e associativismo.

Para Gustavo Vinhas, presidente da ACOCVAP, o sucesso do festival gastronômico é resultado do trabalho desenvolvido pelo Sebrae/SP com os produtores da região: “Além do apoio técnico aos produtores, a Instituição foi fundamental para estruturar e gerir a associação, que hoje já conta com 30 associados”.

O produtor James Roberto Gomes Junior, proprietário do Café Capril, e que está no livro '99 Soluções Inovadoras', publicado pelo Sebrae/SP, disse que o festival faz parte de uma das ações para fomentar a criação do cordeiro na região: “Nós estamos conquistando o mercado e vários restaurantes da região já incluíram a carne de cordeiro em seus cardápios”.

Um desses restaurantes é o Quebra Cangalha que, segundo seu sócio-proprietário, Wilmar Andrade, incluiu a carne de cordeiro em seu cardápio há três anos: “O festival incrementa o produto e o turismo gastronômico, incentiva à criação de empregos na área rural e divulga a associação dos criadores no Vale”.

O Festival Gastronômico Cordeiro Serrano conta com a participação dos restaurantes Quebra Cangalha, Drão, Toca do Peixe, Sabores da Roça, Jeca Grill, Delícias da Roça, Melhor Hora, Lê Provence, Villa Favorita, Antigo Caminho do Ouro, Quitanda Literária e Café Capril. Participam também do evento o Hotel Fazenda São Francisco, Pousada Cheiro da Terra e Pousada e Cantina Italiana Capuchinho.

Serviço:
Assessoria de imprensa do Sebrae/AP
Andréia Barros – (12) 3921-5367 ou (12) 9744-4038
andréia.barros@br.mslworldwide.com

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em