Evento internacional atrai amantes do chocolate para a Bahia

O primeiro Salão do Chocolate realizado na Bahia foi aberto oficialmente nesta quinta-feira (5), com a presença do governador Jaques Wagner, de autoridades, produtores de cacau e dos principais chocolatiers do mundo

  
  

O primeiro Salão do Chocolate realizado na Bahia foi aberto oficialmente nesta quinta-feira (5), com a presença do governador Jaques Wagner, de autoridades, produtores de cacau e dos principais chocolatiers do mundo. Realizado anualmente há quase duas décadas, o salão também está sendo realizado pela primeira vez na América do Sul e em um país produtor de cacau. A iniciativa deve chamar a atenção tanto para a produção cacaueira da Bahia, que corresponde a 70% do total no país, quanto para a produção do chocolate no Estado.

O evento será aberto para visitação pública nesta sexta (6) e seguirá até domingo (8), com ampla programação cultural e muitas informações sobre o “ouro negro da Bahia”, como é conhecido o cacau, principal matéria-prima do chocolate. Na sexta, a programação começa às 14h e segue até às 21h com a visitação do público aos estandes de fabricantes estrangeiros como franceses e italianos, assim como aos brasileiros. Marcam presença no evento as marcas baianas Chocolate Caseiro de Ilhéus e Chocolate de Itacaré.

No sábado, o evento estará aberto das 10h às 19h. Já no domingo, a programação vai das 10h às 21h. A programação inclui palestras sobre os diversos aspectos que envolvem a cultura do cacau até sua transformação no mais fino chocolate, vendidos em todo o mundo. Não ficam de fora as aulas dos chefs, com receitas de dar água na boca. Atração à parte, a agenda cultural do evento terá shows e exibição de filmes baseados no cotidiano baiano, a exemplo de Capitães da Areia, do livro de Jorge Amado, com direção de Cecília Amado – neta do escritor baiano, que tem seu centenário comemorado este ano.

Outro atrativo é uma minifazenda de produção de cacau, representada por mudas de várias espécies e por um espaço para secagem das amêndoas, que pode ser conferida de perto pelos visitantes.

Para o governador Jaques Wagner, a realização do Salão do Chocolate na Bahia é um passo fundamental para compartilhar com os visitantes o valor do Estado e a expertise na produção do cacau. “Aqui se faz um dos melhores chocolates do mundo. Temos cacau bom e chocolate bom para mostrar”, comentou o governador, que também disse que a realização do evento foi fruto da vontade dos produtores e dos gestores das secretarias de Turismo (Setur), Domingos Leonelli, e da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri), Eduardo Salles.

Quem também destacou o empenho do Governo em trazer o evento internacional para a Bahia foi o organizador do Salão, Diego Badaró, que classificou o Salão do Chocolate como um “palco mágico de transformação do chocolate”.

Turismo ganha com a vinda do Salão do Chocolate para o Estado

Maior produtor de cacau do país, o Estado da Bahia já conta com roteiros turísticos que compõem a Rota do Cacau e incluem visitas a fazendas e atrativos naturais da região. O principal diferencial da Rota do Chocolate é que as atrações não ficam restritas a apenas uma cidade. O primeiro roteiro, “Caminhos do Chocolate I”, conta com seis dias de atividades nos municípios de Ilhéus, Itacaré, Una, Uruçuca e Canavieiras. Ao longo dos dias, é possível visitar comunidades indígenas, fazer passeio de chalana no Rio Pardo até a Ilha das Graças, localizada em Canavieiras, e desfrutar de um banho de cachoeira em Itacaré, além de assistir a apresentações artísticas e culturais locais.

Já no “Caminhos do Chocolate II”, o turista também vivencia a experiência de estar em contato com todos os processos de monocultura da lavoura cacaueira e com importantes pontos turísticos, porém com programação diferenciada do primeiro roteiro e realizada em cinco dias.

O chefe de Gabinete da Setur, João Carlos Oliveira, que representou o secretário Domingos Leonelli, falou sobre a importância da relação entre o turismo e o chocolate feito na Bahia. “O chocolate é um produto perfeito no contexto da produção associada ao turismo, por seu papel na sustentabilidade ambiental, econômica e social”.

Presidente do Conselho Baiano de Turismo, Sílvio Pessoa chamou atenção para os investimentos na zona turística da Costa do Cacau. “A iniciativa de trazer o Salão do Chocolate prestigia a Bahia e mostra oportunidades de negócio na região cacaueira. A vinda do evento também vai ajudar a alavancar o turismo rural e os roteiros do chocolate, ajudando a interiorizar o turismo no Estado”.

Para mais informações sobre o Salão do Chocolate da Bahia acesse www.salonduchocolatbahia.com.br.

Fonte: Governo da Bahia

  
  

Publicado por em