Festival Gastronômico faz homenagem à carta de Caminha

Nos dias 18 e 31 de julho, 30 restaurantes da das cidades de Porto Seguro, Santa Cruz da Cabrália e Belmonte apresentam um prato especial para o festival

  
  
Cidade cenográfica em Arraial d´Ajuda<br />

“...Neste mesmo dia, a horas de véspera, houvemos vista de terra. A saber, primeiramente de um grande monte, muito alto e redondo (...) ao qual o capitão pôs o nome de Monte Pascoal e à terra de Vera Cruz!” Foi assim que Pero Vaz de Caminha descreveu ao Rei Dom Manuel o “achamento” do Brasil.

Mais de 500 anos depois, Caminha é homenageado exatamente no local onde o País foi descoberto, nas cidades que compõem a Costa do Descobrimento. A carta enviada ao rei é o tema este ano do 5º Festival Gastronômico da Costa do Descobrimento, que envolve as cidades de Porto Seguro, Santa Cruz da Cabrália e Belmonte, no Sul da Bahia. O festival foi lançado nesta quinta-feira (16), na Casa de Portugal, em São Paulo.

O evento reuniu jornalistas, representantes da Casa de Portugal, agências e operadores de turismo em um almoço tipicamente lusitano. Para o presidente da Casa de Portugal, Julio Rodrigues, os portugueses têm laços muito fortes com Porto Seguro. “Abrigar pela primeira vez o lançamento deste evento fora da Bahia é uma honra para nós”.

Aproveitando as férias de julho, entre os dias 18 e 31 de julho, 30 restaurantes da culinária brasileira e internacional irão criar um prato especial para o festival. “Nós sugerimos que os pratos tenham como base a gastronomia portuguesa ou indígena. Os profissionais do Senac têm colaborado conosco neste sentido”, diz Guto Morais, coordenador do festival gastronômico.

A região recebe no mês de julho cerca de 120 mil turistas. No ano passado, o festival vendeu 9.000 pratos. Para o secretário de Turismo de Porto Seguro, Paulo César Magalhães, a expectativa é que este ano a cidade recebe cerca de 10% a mais de turistas em virtude do festival. “O festival foi criado como mais uma alternativa de atrair o turista brasileiro, mas a região quer crescer de maneira sustentável”.

O projeto todo, segundo o coordenador de turismo do Sebrae/BA, Richard Alves, nasceu da necessidade de valorização de outros atributos da região que não fossem só o turismo e as belezas naturais. “Nós queríamos mostrar também a importância das manifestações culturais e da gastronomia. Além disso, a idéia era proporcionar a regionalização do turismo, desconcentrando-o de uma ou duas cidades”, disse o gestor.

Boa cultura e comida

O festival foi dividido em cinco roteiros: Praia, para atender às barracas situadas à beira da praia; Massas, para contemplar as pizzarias e fornerias; Petisco, para bares e lanchonetes; Bom Prato, pequenos restaurantes que têm cardápio variado; e Gourmet, que envolve a alta gastronomia.

Durante o festival também acontecem eventos paralelos como seminários, workshops e concursos. Um dos eventos de maior sucesso é a 'Maior Muqueca do Mundo', servida no ano passado para 500 pessoas. “Este ano queremos servi-la para 2.000 pessoas”, diz Magalhães.

Na praça de Arraial d´Ajuda será construída A Cidade da Gastronomia, uma cidade cenográfica, onde haverá, além da gastronomia, manifestações culturais, apresentação de grupos musicais e venda de artesanato. O evento traz também o Desafio dos Chef´s, onde dois chefes locais se enfrentam, em uma cozinha montada num palco, para produzir um prato com ingredientes que conhecerão na hora. O festival levará também chefes de cozinha conhecidos nacionalmente para conhecerem o festival.

Serviço
Agência Sebrae de Notícias – (61) 3348-7494
Secretaria Municipal de Turismo de Porto Seguro – (73) 3288-4299
Sebrae/BA – (71) 3320-4427/4367/4404

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em

Derly Veloso

Derly Veloso

24/04/2009 13:14:58
Parábens a secretaria de turismo de Porto Seguro, por integrar a gastronomia ao laço cultural,com isso a cidade ganha turistas e a população relembra toda a sua cultura.
Att,
Derly Veloso
Gerente de planejamento de Eventos da secretaria de turismo de Casimiro de Abreu, R.J