Gastronomia brasileira ganha destaque na WTM

O Brasil possui uma gastronomia riquíssima que precisa ser valorizada e reforçada como um dos principais atributos de cada destino turístico

  
  

O chef de cozinha pernambucano Alcindo Queiroz foi convidado pelo Ministério do Turismo para apresentar as delícias gastronômicas do Brasil durante a World Travel Market – WTM 2015, que acontece entre os dias 22 e 24 de abril no Expo Center Norte, em São Paulo.

Os visitantes da feira que passarem pela Área Brasil poderão experimentar, durante os três dias de evento, diversos pratos característicos do país. Ao todo serão 15 pratos, cinco por dia, um por região.

A maniçoba, prato típico da região Norte do país, é uma das iguarias que poderá ser degustada pelos participantes do evento.

“A maniçoba é feita com a folha da mandioca brava, que possui toxinas. Para preparar o prato, as folhas precisam cozinhar por várias horas seguidas. Por isso, começamos a preparar a receita há sete dias”, disse.

O Nordeste será representado pelo “arrumadinho de charque com feijão verde” e a região Sul por um “chucrute com linguiça campeira e purê de maçã”.

O caburé, um bolinho de aipim assado no forno, e a sopa paraguaia com costela são os pratos típicos da região Centro-Oeste. A empadinha de bacalhau foi o prato escolhido pelo chef para representar a comida de boteco carioca, e a pizza remete à gastronomia paulistana. Segundo o chef, os garçons foram treinados para explicar a composição de cada um dos pratos.

As sobremesas ficaram por conta de um dos doces conhecidos do país: o brigadeiro. Além do tradicional, feito de chocolate, o doce ganhou novos ingredientes na experimentação do chef Alcino, como castanha de caju, goiabada, milho verde, cartola, cupuaçu, açaí e amendoim.

A gastronomia está cada vez mais presente no turismo brasileiro. O número de viajantes que arrumam as malas com destino a um dos mais de duzentos festivais gastronômicos que ocorrem todo ano pelo país é cada vez maior.

Os gastos com alimentação estão entre as principais despesas dos turistas brasileiros, atrás apenas do transporte, de acordo com a última Pesquisa de Turismo Doméstico do Ministério do Turismo.

Chef há nove anos, Alcindo é dono de um restaurante de cozinha brasileira em Olinda (PE). “O Brasil possui uma gastronomia riquíssima que precisa ser valorizada e reforçada como um dos principais atributos de cada destino turístico”, disse Alcino. A gastronomia brasileira foi avaliada positivamente por 93,2% dos turistas estrangeiros que visitaram o Brasil durante a Copa do Mundo.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

Fonte: MTur / Amanda Lavor

  
  

Publicado por em