Goiás trilha ‘Caminhos do Sabor’

Parceria Sebrae e Abrasel capacita estabelecimentos de alimentação em Pirenópolis, Goiânia, Caldas Novas e Alto Paraíso

  
  

Goiânia, capital de Goiás, começa a ser beneficiada pelo projeto ‘Caminhos do Sabor – a união faz o destino’. A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), em parceria com o Ministério do Turismo e o Sebrae, desenvolveu este projeto para qualificar 27 roteiros gastronômicos em todo o País no ano passado.

O projeto tem por objetivo aumentar a competitividade dos destinos turísticos brasileiros a partir de uma maior estruturação de sua gastronomia, trabalhando a alimentação fora do lar como estratégia competitiva para o município.

Após a formação da governança que vai coordenar as ações, o programa prevê uma etapa importante: a pesquisa de oferta e demanda, para identificar os estabelecimentos existentes nos municípios, suas características e qual a demanda do turista que visita o local.

Os empresários e colaboradores de bares e restaurantes participantes recebem cursos e consultorias gratuitos em atendimento ao cliente, idiomas, gestão operacional e financeira e segurança dos alimentos. É trabalhada, também, a infraestrutura da cidade do ponto de vista da gastronomia, por meio de medidas como a melhoria das condições públicas para atrair outras empresas do segmento ao município (estacionamento, sinalização turística, segurança pública). A identificação de produtos característicos da culinária local e o aumento da visibilidade destes serviços também são pontos a serem desenvolvidos pelo ‘Caminhos do Sabor’.

Pirenópolis

Pirenópolis, a 124 km de Goiânia, já finalizou o programa. A cidade foi uma das cinco escolhidas para integrar o projeto-piloto. Após o lançamento do ‘Caminhos do Sabor’, o município recebeu uma série de ações de qualificação e profissionalização dos empreendimentos de alimentação fora do lar instalados na cidade. Em sua primeira etapa, o projeto trabalhou com 30 estabelecimentos, dos 65 existentes no município.

Estas necessidades foram reveladas pela Pesquisa de Oferta e Demanda, realizada em março de 2008, como etapa obrigatória do projeto e que mostrou resultados reveladores que nortearam a ação da governança local. Ao final, cada estabelecimento recebeu um certificado de qualidade da Abrasel, uma tentativa de referenciar o serviço prestado pela gastronomia local.

“Na maioria, a carência do setor se encontra em capacitações básicas”, comenta a gestora do projeto pelo Sebrae em Goiás, Andréa Carneiro.

Pirenópolis recebe, atualmente, 120 mil visitantes por ano, abrigados em um complexo de hospedagem que compreende 90 pousadas e hotéis. Apesar do reconhecimento como cidade turística, a principal atividade econômica ainda é a extração de pedras utilizadas na construção civil. Mas, há dois anos, vem trabalhando para mudar essa realidade. Neste período, foi reativada a Secretaria de Turismo, criado o Convention Visitors Bureau e acaba de ser inaugurasa a Abrasel-Pirenópolis, o primeiro fruto das articulações do projeto Caminhos do Sabor.

As próximas cidades que serão beneficiadas pelo ‘Caminhos do Sabor’ e que elaboram seu plano de ação nesta semana são Caldas Novas e Alto Paraíso.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias
(61) 2107-9138 e 2107-9362
www.agenciasebrae.com.br

Sebrae em Goiás
(62) 3250-2268
Projeto Caminhos do Sabor
(62) 3250-2224

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em