Para fortalecer a gastronomia

MTur e Abrasel qualificam profissionais do setor de bares e restaurantes, que gera 6 milhões de empregos e representa 2,4% do PIB

  
  

A visita a um lugar é fortemente marcada pelos prazeres da mesa. A diversidade gastronômica é um diferencial competitivo para o turismo brasileiro. Para preparar o setor de bares e restaurantes para receber o turista que visitará o país durante a Copa do Mundo Fifa 2014, o Ministério do Turismo (MTur) e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), por meio do Bem Receber Copa – Alimentação fora do Lar, qualificaram 15 mil profissionais das 12 cidades-sede do mundial.

Durante a abertura o 23° Congresso da Abrasel, nesta terça-feira (16), no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília, o ex-capitão da seleção brasileira de futebol Cafú entregou certificado a gestores, gerentes, maitres, recepcionistas, garçons, cumins, copeiros, cozinheiros e auxiliares de cozinha que participaram dos cursos nas cidades-sede.

A gerente de Alimentos e Bebidas do Yacht Clube da Bahia, Layla Correa, há dez anos no setor, afirma que faria o curso novamente e o indica a todos. “O curso foi sensacional e agregou tanto à minha carreira que coloquei todos os meus profissionais da área de atendimento para fazer”, contou Correa. Segundo a gerente, o resultado foi imediato. “Pude perceber a melhora no atendimento, mais sinergia entre os empregados, as pessoas querendo ser mais produtivas”, disse.

Bem Receber Copa – A alimentação fora do lar está entre os setores contemplados pelo Programa Bem Receber Copa, que treinará, até 2013, 306 mil profissionais, em diversas áreas relacionadas ao turismo. Durante o evento, a secretária Nacional de Políticas de Turismo, Bel Mesquita, destacou as ações do MTur para fortalecer o setor, bem como o bom momento que o país vive, com a ascensão de 40 milhões de brasileiros à classe média.

“Comer fora de casa, um hábito antigamente restrito ao estilo de vida das grandes cidades, hoje está incorporado aos usos e costumes em todo o país. Do pequeno empreendimento ao restaurante consolidado todos são importante fonte de emprego e renda para milhões de brasileiros”, ressaltou Mesquita. A secretária destacou, ainda, o trabalho do MTur e Abrasel para desenvolver o Brasil como destino turístico competitivo no cenário internacional.

Para o presidente da Abrasel, Paulo Solmucci, “empreender no Brasil está cada vez melhor”, tendo em vista o bom momento econômico e social do país. “Precisamos desmitificar a relação público-privada, para que ela deixe de ser vista como algo pernicioso”, destacou. Segundo a Abrasel, o setor de bares e restaurantes gera 6 milhões de empregos e representa 2,4% do PIB.

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, destacou a tradição da gastronomia brasiliense. “Na cidade, o setor é o único que compete com a construção civil. Nossa praia aqui são os bares e restaurantes da cidade”, ressaltou. O evento contou com a presença de autoridades locais e federais, deputados e senadores.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em