Projeto Copa na Mesa

O projeto que vai qualificar mão de obra dos bares e restaurantes, por meio de treinamentos específicos voltados para os profissionais da cozinha, do atendimento e gestores até a copa de 2014

  
  

O presidente executivo da Abrasel nacional, Paulo Solmucci, apresentou nesta quarta (14), o projeto Copa na Mesa. O projeto que vai qualificar mão de obra dos bares e restaurantes, por meio de treinamentos específicos voltados para os profissionais da cozinha, do atendimento e gestores até a copa de 2014, que acontece no Brasil. Os recursos utilizados para o projeto são do Ministério do Turismo, e para este ano chegam a 14 milhões. A expectativa da Abrasel-PE é executar o projeto no Estado para 120 empresas até o final do ano. “A primeira fase, que acontece ainda este ano, irá qualificar 1.500 empresas e cerca de 15.000 profissionais, nas 12 cidades-sedes (Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo). Em Pernambuco, serão capacitados mais de 1.000 profissionais,” explica Paulo Solmucci.

Os empresários interessados, sejam eles associados ou não, devem procurar a sede da Abrasel para se inscrever no projeto. Os treinamentos iniciam em agosto. O projeto Copa na Mesa divide os estabelecimentos participantes em três grupos. O TIP (Tourist Information Point) que são os bares e restaurantes que atendem a critérios como localização e comprometimento com o Copa na Mesa, sendo o grupo mais bem avaliado pelos consultores do projeto; o MIT (Multiplicador de Informações Turísticas) são os bares e restaurantes que formam o maior grupo, responsáveis pela grande capilaridade do projeto; e o terceiro grupo é o PIC (Profissional Individual cadastrado) que engloba os empreendedores individuais mais conhecidos como “ambulantes”, possuem papel ativo e relevante em um mega evento como a Copa do Mundo.

Os colaboradores treinados irão atuar como multiplicadores de conhecimentos fornecendo informações turísticas de qualidade sobre o destino, sendo mais um canal de comunicação entre o setor e o turista.

O projeto faz parte do programa “Bem Receber Copa”, desenvolvido pelo Governo Federal e que objetiva qualificar mais de 300 mil profissionais do turismo para a Copa do Mundo de 2014. “São ações como essa que fomenta o mercado e incentiva o trade turístico a investir”, completa o diretor executivo da Abrasel-PE, Valter Jarocki.

Fonte: Associação Brasileira de Bares e Restaurantes seccional Pernambuco

  
  

Publicado por em