Conheça o hotel onde as pessoas entram casadas e saem solteiras

O serviço peculiar que foi batizado de 'hotel divórcio' surgiu na Holanda e devido ao sucesso chegou aos Estados Unidos há um mês. Em até 48h, os casais dão entrada no hotel, resolvem as divergências com uma equipe especializada e saem divorciados

  
  
Conhecido como 'Divorce Hotel', este modelo inovador funciona de forma simples unindo os serviços de hospedagem e atendimento jurídico num só lugar. As pessoas entram casadas e saem divorciadas em apenas 48 horas

Existem diversos tipos de hotéis espalhados pelo mundo. Uns ergueram suas construções dentro de antigos aviões, outros optaram por criar quartos suspensos em árvores, porém um empresário holandês surpreendeu a todos ao construir o primeiro 'hotel divórcio' do mundo. O sucesso foi tanto que os Estados Unidos ganharam a segunda unidade do empreendimento, no último mês.

O local que muitas vezes é símbolo da tão desejada lua-de-mel se transformou no ponto final do relacionamento. Conhecido como 'Divorce Hotel', este modelo inovador funciona de forma simples unindo os serviços de hospedagem e atendimento jurídico num só lugar. As pessoas entram casadas e saem divorciadas em apenas 48 horas.

O empreendimento oferece serviços comuns em outros hotéis como spas, piscinas, refeições e áreas de lazer. O diferencial está nos advogados, contadores e corretores que são disponibilizados para resolverem todos os tipos de divergências, incluindo até aquela disputa pelo vaso de porcelana chinesa rachado que ficava na sala do casal. Segundo o Hotel, durante a hospedagem dos futuros divorciados, os (ainda) casais geralmente optam por permanecerem em quartos separados, porém os que preferirem aproveitar a última noite a dois podem ficar na mesma suíte. Só não é permitido brigas e discussões no local!

Os interessados em 'curtir ao máximo' a separação deverão estar preparados para desembolsarem uma boa quantia. Uma estadia de dois dias com o serviço incluso custa a partir de R$ 11,7 mil. Até o momento existem duas unidades em funcionando do hotel, sendo uma nos Estados Unidos e outra na Holanda. Como a separação só pode ser realizada no país onde o casamento foi celebrado, esta novidade ainda não poderá ser utilizada por brasileiros.

Por Dennys Marcel

  
  

Publicado por em