Conheça os hotéis mais estranhos do Mundo

Você sempre quis inovar e pensava em como seria dormir dentro de um caixão, no topo de uma montanha ou numa caverna? Agora pode saber como é...

  
  

Você sempre quis inovar e pensava em como seria dormir dentro de um caixão, no topo de uma montanha ou numa caverna? Agora pode saber como é. Há hotéis que, mais do que uma hospedagem, são verdadeiras experiências de vida.

No Treebones Resort, em Big Sur, Califórnia, onde você pode dormir numa tenda ou cabana tribal, no topo de um penhasco, sob as estrelas

Começamos com o Treebones Resort, em Big Sur, Califórnia, onde você pode dormir numa tenda ou cabana tribal, no topo de um penhasco, sob as estrelas. Apesar do aspecto primitivo, estes quartos têm chão de madeira, camas king size e portas que dão para terraços com vista sobre o oceano. O hotel tem piscina aquecida, sushi bar ao ar livre e sessões gratuitas de ioga matinal.

No Propeller Island City Lodge, em Berlim, na Alemanha, não há dois quartos iguais e cada um é mais estranho que o outro

No Propeller Island City Lodge, em Berlim, na Alemanha, não há dois quartos iguais e cada um é mais estranho que o outro. No número 31, é provável que sinta alguns arrepios e dificuldade em adormecer: em vez de camas, este quartinho acolhedor tem caixões. O número 11 tem chão inclinado e a cama fica suspensa no meio do ar e a mesa e cadeiras estão enviesadas. Há também um quarto que é uma cela de prisão. Gostos não se discutem.

O Harlingen Harbour Crane Hotel, na Holanda, é possível durmir numa velha casa de máquinas, no porto, transformada numa penthouse

O Harlingen Harbour Crane Hotel, na Holanda, é possível durmir numa velha casa de máquinas, no porto, transformada numa penthouse. Um pequeno lance de escadas leva os únicos hóspedes do hotel à cabine, onde pode ajustar a direção do quarto para que tenha uma vista panorâmica do porto de 360º.

Jumbo Stay: nada de bancos apertados e cadeiras desconfortáveis. Totalmente remodelado e à prova de som, este avião tem café, bar, quartos privados, dormitórios e uma suite de luxo no cockpit

No Jumbo Stay, em Estocolmo, na Suécia, pode dormir num Boeing 767 convertido em hotel. Mas nada de bancos apertados e cadeiras desconfortáveis. Totalmente remodelado e à prova de som, este avião tem café, bar, quartos privados, dormitórios e uma suite de luxo no cockpit. No Verão, os hóspedes podem caminhar na plataforma de observação, sobre a asa esquerda e contemplar os aviões que fazem manobras nas pistas do aeroporto, bem ao lado.

Kennedy School: as salas de aula são agora quartos de hóspedes e apenas os quadros de ardósia foram preservados

No Kennedy School, em Portland, Oregon, os quartos vêm com acesso livre ao cine-teatro, no antigo auditório da escola. O estabelecimento, datado de 1915, foi reconvertido em hotel em 1997. As salas de aula são agora quartos de hóspedes e apenas os quadros de ardósia foram preservados. Os hóspedes podem beber uma cerveja, imagine, no antigo banheiro feminino.

No Kokopelli’s Cave Bed & Breakfast, no Novo México, a estadia promete ser original. Os hóspedes têm de escalar escadas de pedra esculpidas numa encosta perto do Mesa Verde National Monument para chegar ao Hotel que é dentro de uma caverna

No Kokopelli’s Cave Bed & Breakfast, em Farmington, Novo México, a estadia promete ser original. Os hóspedes têm de escalar escadas de pedra esculpidas numa encosta perto do Mesa Verde National Monument. Após isso, eles ainda tem que descer uma escada, para chegar ao interior do hotel, que é uma caverna, 100 metros acima do rio La Plata. Os hóspedes têm de assinar um termo de responsabilidade antes de tudo. Mas pode valer a pena: apesar de manter o traço original, este hotel oferece pequenos luxos, como uma cachoeira para tomar uma ducha exótica e uma banheira quente esculpida na pedra.

No Hotel De Glace, um tradicional hotel de gelo em Quebeque, no Canadá, a temperatura nunca ultrapassa os 0ºC, mas os hóspedes podem se aquecer na sauna ao ar livre e dormir em sacos-cama polares

Já no Hotel De Glace, um tradicional hotel de gelo em Quebeque, no Canadá, a temperatura nunca ultrapassa os 0ºC, mas os hóspedes podem se aquecer na sauna ao ar livre e dormir em sacos-cama polares. Isso tudo em cima de colchões que estão colocados sobre blocos de gelo. O hotel recomenda incluir na bagagem um chapéu, cachecol, luvas e botas.

Dasparkhotel: este é um hotel em que os hóspedes pagam o que quiserem, e dormem em tubos de cimento, espalhados pelo parque. O hotel promete o máximo conforto num espaço mínimo

Ao contrário de alguns dos anteriores hotéis, o Dasparkhotel, em Bottrop-Ebel And Ottensheim, Áustria, está longe de ser de luxo. Este é um hotel em que os hóspedes pagam o que quiserem, e dormem em tubos de cimento, espalhados pelo parque. O hotel promete o máximo conforto num espaço mínimo, oferencendo cinco suites com cama de casal, clarabóias, cobertores de lã e sacos-cama. Café, restaurante e chuveiro? Só nas imediações.

Imperial Boat House Beach Resort: tradicionais barcos de arroz tailandeses foram convertidos em quartos e suítes de luxo nos jardins

Por fim, ficar no Imperial Boat House Beach Resort, em Koh Samui na Tailândia, é quase como naufragar e ir ficar numa ilha paradisíaca: tradicionais barcos de arroz tailandeses foram convertidos em quartos e suítes de luxo nos jardins. Têm dois andares com dormitórios, salas de estar, banheiros e terraços privados com vista para o oceano ou para a piscina.

Fonte: Destinos de Viagem

  
  

Publicado por em

Marta

Marta

09/11/2012 11:07:27
Esse da Boat House é fantástico! Amei, deve ser ótimo para relaxar! Os outros são meio estranhos.

Jeane dias

Jeane dias

30/10/2012 16:25:58
Achei muito legal! Quero conhecer um dia o hotel de gelo, que fica em Quebec, no Canadá.