Notícias > Turismo > Meios de hospedagem > 

Fazenda Maeda, cenário perfeito para quem quer desfrutar de aventura e contato com a natureza

O passeio convida para a aventura de escalar os 103 degraus que levam até o seu topo e desfrutar de um visual inesquecível.

17 de Abril de 2012.
Publicado por Vininha F. Carvalho  

São dez andares, sendo que em cada um deles o visitante pode apreciar a paisagem em mirantes / Divulgação

São dez andares, sendo que em cada um deles o visitante pode apreciar a paisagem em mirantes / Divulgação

Uma fazenda de 6, 4 milhões de metros quadrados, sendo mais de 2 milhões deles de mata nativa, é o cenário perfeito para quem quer desfrutar da aventura e contato com a natureza, sem ter que se deslocar para longas distâncias. A apenas 75 quilômetros de São Paulo, localizado na Rodovia Santos Dumont, km 18, o Pesqueiro Maeda, em Itu

(SP), oferece toda a infra-estrutura para os adeptos do ecoturismo.

Entre as atrações do roteiro está a Árvore Gigante, um conjunto de quatro figueiras centenárias, que impressiona pela imponência dos seus 22 metros de altura.

Mais do que uma simples contemplação, o passeio convida para a aventura de escalar os 103 degraus que levam até o seu topo e desfrutar de um visual inesquecível.

O melhor é que essa escalada é feita de maneira totalmente segura, podendo ser feito por pessoas de todas as idades. São dez andares, sendo que em cada um deles o visitante pode apreciar a paisagem em mirantes. O mais impressionante é que toda essa estrutura foi montada sem que fosse colocado um prego sequer na árvore.

Os andares começaram a ser construídos há nove anos e, conforme as árvores foram crescendo, novos andares foram criados. A estrutura suporta até 300 pessoas de uma só vez.

O proprietário do Pesqueiro e Pousada Maeda, André Maeda, diz que até mesmo o escoramento das árvores, que já atingiram 50 metros de diâmetro, é feito naturalmente, sem a utilização de estacas. Isso é possível por meio da indução dos galhos em direção ao solo, formando novas raízes que fazem o trabalho de escoramento.

“Cada nova raiz leva pelo menos um ano e meio para se formar, por isso esse monitoramento é feito constantemente para que as árvores continuem a crescer com segurança”, explica. A sua previsão é de que nas próximas cinco décadas elas alcancem 100 metros de diâmetro.

Para garantir a segurança dos visitantes e a preservação, o passeio na Árvore Gigante é feito com monitores treinados.

Arvorismo e trilhas:

O roteiro de ecoturismo do Pesqueiro Maeda inclui também um circuito de arvorismo com um total de oito etapas, de diferentes graus de dificuldade, montado no meio da mata.

Ao final do percurso, uma tirolesa de 70 metros espera os participantes. Quem quiser mais emoção, pode se aventurar também na tirolesa de 500 metros.

Para quem não é adepto a algo tão radical, mas gosta de sentir de perto a natureza, o Maeda oferece trilhas no meio da mata, além de um típico Jardim Japonês com cerca de 16 mil metros quadrados e mais de 120 espécies de plantas.

Outra opção é conhecer as duas nascentes que estão dentro da fazenda. Para chegar até elas, basta seguir a rota das 26 rodas d’água instaladas dentro da mata que fazem o bombeamento da água morro acima, até alcançar os tanques de pesca. Todo o percurso é feito em passarelas de madeira que chegam a uma altura de 18 metros, em meio a muito verde, pássaros e animais silvestres.

Em épocas chuvosas, as rodas chegam a movimentar aproximadamente 750 mil litros de água por dia. Em período de estiagem, as rodas giram menos e o volume de água bombeada cai para 250 a 300 mil litros diários.

O aproveitamento do recurso natural, gratuito e renovável, corresponde a 25% da água necessária para manter os mais de 25 tanques de pesca.

“Além de ser um sistema de abastecimento de água eficiente, durável e econômico, ele é um roteiro muito apreciado por nossos visitantes, especialmente os jovens e estudantes que nunca tiveram a oportunidade de ver de perto como ele funciona”, comenta André.

Pesca esportiva:

Para relaxar depois de tanta aventura, a pesca esportiva pode ser uma boa pedida. O chamado “Tancão” é ideal para quem faz questão de tranquilidade. São 50 metros quadrados de espelho d´água em meio à mata nativa, com mais de com 80 toneladas de peixe. Entre as espécies disponíveis estão tilápia, carpa, pacu, cat-fish, pintado, dourado, cachara e outros.

Há também os Tanques de Engorda, que somam 35 m2 de espelho d’água e 75 toneladas de peixes. Assim como o Tancão, eles também estão localizados em uma área reservada, em meio à natureza.

Já quem prefere mais conforto e a comodidade, o Pesqueiro Maeda oferece também áreas cobertas em dez tanques principais, que ficam próximos ao complexo de lazer, com um total de 30 metros quadrados de espelho d’água, onde os visitantes contam com restaurante.

Outras atrações:

O complexo de lazer conta ainda com piscinas com toboáguas, brinquedos aquáticos (pedalinho e bate-bate), quadriciclo, passeios a cavalo, pônei e carruagem, teleférico, playground e percursos de trenzinho.

E, se não der tempo de desfrutar de tudo isso em um único dia, a Pousada Maeda dispõe de 82 chalés para casais ou grupos de até seis pessoas.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Rosemeire Silva

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários


 

Veja também

Conheça os 20 melhores Eco Resorts do MundoHotéis-casa: nova tendência oferece luxo e sofisticação pelo litoral baiano

 

editar    editar    editar    0 visitas    0 comentários